• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

PSG não descarta possibilidade de Daniel Alves ser operado antes da Copa do Mundo

Esportes

PSG não descarta possibilidade de Daniel Alves ser operado antes da Copa do Mundo

Exames realizados após o confronto apontaram o estiramento no ligamento do joelho do jogador e a necessidade de pelo menos três semanas de afastamento.


O Paris Saint-Germain divulgou comunicado sobre a condição física de Daniel Alves nesta quarta-feira à tarde. O clube confirmou a informação divulgada horas antes pela assessoria do atleta, de lesão no ligamento colateral lateral do seu joelho direito, mas ressaltou a possibilidade de o jogador ser submetido a cirurgia.

Daniel Alves viu sua participação na Copa do Mundo da Rússia ficar em risco na última terça-feira, na vitória do PSG diante do Les Herbiers, pela decisão da Copa da França. Em dividida com um adversário, o jogador sentiu o joelho direito e precisou ser substituído.

Exames realizados após o confronto apontaram o estiramento no ligamento do joelho do jogador e a necessidade de pelo menos três semanas de afastamento. A princípio, porém, a expectativa era de que o jogador não fosse operado antes do Mundial, o que aumentaria suas chances de ir à Copa.

Só que a atualização divulgada pelo PSG deixou claro que somente após este afastamento inicial de 21 dias é que será decidido se o jogador passará ou não por cirurgia. "Sua condição requer um mínimo de três semanas de recuperação antes de reavaliar a necessidade de tratamento cirúrgico", informou.

A seleção brasileira estreia na Copa do Mundo diante da Suíça, dia 17 de junho, em Rostov. Para a posição de Daniel Alves, Tite tem observado como possíveis opções ao titular do setor Danilo, do Manchester City, e Fagner, do Corinthians. Este último, entretanto, está afastado dos treinamentos da equipe paulista por tentar se recuperar de uma lesão na coxa direita.

Por causa desta lesão sofrida na terça-feira, Daniel Alves também corre o risco de ficar fora dos amistosos que o Brasil fará nos dias 3 e 10 de junho, contra Croácia e Áustria, respectivamente, em sua reta final de preparação para a Copa.

O jogador foi titular da lateral direita da seleção nos Mundiais de 2010, na África do Sul, e 2014, em solo brasileiro, e é considerado nome certo na lista de 23 convocados que Tite anunciará às 14 horas de segunda-feira, na sede da CBF, no Rio.