• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Argentina confirma que Agüero não jogará contra a Suíça

  • COMPARTILHE
Esportes

Argentina confirma que Agüero não jogará contra a Suíça

Belo Horizonte - O atacante Sergio Agüero está fora do jogo da Argentina contra a Suíça, na próxima terça-feira, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. De acordo com o médico da seleção, Daniel Martínez, ele sofreu uma lesão muscular de grau um, a mais leve, no bíceps femural da perna esquerda, na vitória contra a Nigéria por 3 a 2, em Porto Alegre. "Sergio está fora da próxima partida, mas sua permanência na Copa depende de sua própria recuperação, que já começou, e também do prosseguimento da Argentina na Copa", informou o médico.

Ao longo desta quinta, alguns jornais argentinos chegaram a afirmar que o jogador estava fora da Copa em função da gravidade da lesão. Por enquanto, a hipótese de corte está descartada depois dos exames realizados na Cidade do Galo, em Belo Horizonte, onde a equipe argentina se prepara para os jogos do Mundial.

O atacante do Manchester City foi substituído por Ezequiel Lavezzi aos 35 minutos do primeiro tempo do jogo no estádio Beira-Rio. O técnico Alejandro Sabella confirmou que se tratava de um problema muscular e que seria preciso realizar exames para descobrir a gravidade da lesão. De acordo com a imprensa argentina, os exames confirmaram uma lesão séria que tiraria o jogador do Mundial.

Em entrevista coletiva na última quarta, antes da confirmação de gravidade da lesão, Alejandro Sabella já fazia planos de substituição para o jogo contra a Suíça. "Temos atacante do mesmo estilo de Aguero e outros, com um estilo diferente, como Lavezzi, que entrou e esteve bem pelas pontas, ajudando a cobrir os espaços", disse após a vitória que garantiu a Argentina a liderança do Grupo F.

Agüero não foi bem nas duas primeiras partidas da Argentina na Copa. Considerado o parceiro ideal de Lionel Messi, não conseguiu sair da marcação e pouco finalizou. Foi o membro mais apagado do "Quarteto Fantástico", formado também pelo próprio Messi, Di María e Higuaín. Contra a Nigéria, também teve atuação apagada até ser substituído.