• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Brasil fica sem medalhas no vôlei de praia masculino

Esportes

Brasil fica sem medalhas no vôlei de praia masculino

Moscou - O vôlei de praia masculino do Brasil foi mal na primeira das cinco etapas de Grand Slam que acontecerão de forma consecutiva. Neste sábado, as quatro duplas brasileiras que competiam em Moscou (Rússia) foram eliminadas antes de chegarem até as semifinais. Assim, foram alijados da briga por medalhas.

Até aqui a temporada é muito ruim para os brasileiros. No Open de Fuzhou (China), só Alison/Bruno Schmidt chegou até a semifinal, terminando com a prata. Depois, em Xangai (China), Pedro Solberg/Emanuel terminou em quarto. Depois, as principais duplas não foram para os Open de Puerto Vallarta (México) e Anapa (Rússia).

Neste sábado, Ricardo e Álvaro Filho venceram os austríacos Huber/Seidl por 2 sets a 0 (23/21 e 21/19) na repescagem, mas depois perderam para Alison e Bruno Schmidt, também em sets diretos, com parciais de 21/16 e 21/19.

Vice-líderes do ranking mundial, os italianos Nicolai e Lupo passaram por uma maratona em quadra, mas eliminaram Pedro Solberg e Emanuel, nas oitavas de final, por 2 sets a 1 (21/19, 24/26 e 15/12), e também Alison e Bruno, também em 2 sets a 1 (21/19, 16/21 e 15/11), nas quartas.

Evandro e Vitor Felipe também foram eliminados nas quartas de final. Eles começaram o dia com vitória sobre os holandeses Stiekema e Varenhorst por 2 sets a 1 (21/16, 13/21, 15/9), mas depois perderam dos norte-americanos Sean Rosenthal e Phillip Dalhausser por 2 sets a 0 (21/17, 21/15).