• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Brasil não supera o maior público do 'novo' Mineirão

Esportes

Brasil não supera o maior público do 'novo' Mineirão

Belo Horizonte - O insosso empate por 0 a 0 entre as seleções de Costa Rica e Inglaterra, na última terça-feira, segue sendo o maior público registrado no Mineirão desde a profunda reforma realizada no principal estádio de Belo Horizonte, para adequá-lo às exigências da Fifa para a Copa do Mundo. Afinal, o dramático duelo entre Brasil e Chile, pelas oitavas de final do Mundial, não conseguiu alcançar o número de torcedores daquele confronto.

Neste sábado, 57.714 acompanharam a dramática classificação do Brasil para a próxima fase da Copa, definida com a vitória por 3 a 2 nos pênaltis após empate por 1 a 1. Essa partida teve, portanto, 109 pessoas a menos do que o duelo entre costarriquenhos e ingleses, válido pela rodada final do Grupo D, que teve 57.823 torcedores no Mineirão. A partida, aliás, teve pouca importância, pois a Costa Rica estava garantida antecipadamente nas oitavas de final, enquanto que a Inglaterra já havia sido eliminada.

Um dos primeiros estádios a ficar pronto para a Copa do Mundo, o Mineirão foi reinaugurado em fevereiro de 2013, com a vitória do Cruzeiro por 2 a 1 sobre o Atlético, em jogo válido pelo Campeonato Mineiro, que recebeu 52.989 pagantes.

Depois disso, o estádio foi palco de partidas da Copa das Confederações, da seleção brasileira, do Cruzeiro, do Atlético e do América-MG. O maior público registrado no estádio em uma partida entre clubes foi na vitória do Cruzeiro por 3 a 0 sobre o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro de 2013, com 56.854. Antes deste sábado, Brasil e Chile já haviam se enfrentado no Mineirão, mas em um amistoso. Em abril de 2013, 53.331 pessoas acompanharam o empate por 2 a 2.

Todos esses públicos, porém, não chegam nem perto dos maiores registrados em toda a história do Mineirão. Em junho de 1997, 132.834 pessoas entraram no estádio para ver a vitória do Cruzeiro por 1 a 0 sobre o Villa Nova pela decisão do Campeonato Mineiro - o público pagante foi de 74.857 pessoas. O maior público pagante do estádio - 123.351 - foi em maio de 1969, em triunfo do Cruzeiro sobre o Atlético por 1 a 0, pelo Campeonato Mineiro.