• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Luta pela honra de Camarões serve de alerta ao Brasil

  • COMPARTILHE
Esportes

Luta pela honra de Camarões serve de alerta ao Brasil

Teresópolis - Enfrentar um adversário que já está eliminado da Copa do Mundo na rodada final do Grupo A pode parecer mais fácil para a seleção brasileira alcançar o objetivo de avançar às oitavas de final, mas os jogadores não querem cair em nenhuma armadilha. Por isso, eles não acreditam em jogo fácil na próxima segunda-feira, em Brasília, diante de Camarões, e alertam que o confronto pode se tornar complicado, pois os adversários vão querer deixar uma boa impressão final.

"Todo jogo é perigoso, principalmente quando você joga com uma equipe já eliminada, sem compromisso com a competição. Escutei o capitão deles dizendo que eles tinham que conquistar uma vitória para levar para casa, para a sua torcida, que infelizmente não foi o que eles esperavam da competição. Eles tentarão voltar para a casa com um pouco do dever cumprido, ganhando do Brasil. Então é essa a motivação que eles têm", disse o zagueiro Thiago Silva, em entrevista à CBF TV.

Para evitar uma surpresa, o capitão da seleção prometeu que o Brasil jogará com seriedade e vai impor seu estilo de jogo diante de Camarões. "Temos que respeitar, porque quando fazemos isso, a gente impõe nosso ritmo de jogo. E quando a gente acha que vai ser fácil, o jogo fica bem mais complicado", completou.

O Brasil precisa de um empate para garantir presença nas oitavas de final da Copa após ficar no 0 a 0 com o México e bater a Croácia por 3 a 1 nas duas rodadas iniciais do Grupo A. Já os camaroneses tiveram desempenho decepcionante até agora no torneio, com derrotas para os mexicanos - 1 a 0 - e croatas - 4 a 0.

Outros jogadores adotaram um discurso semelhante ao do capitão da seleção. O lateral-esquerdo Marcelo avaliou que a falta de responsabilidade com o torneio pode até ajudar Camarões. "É difícil, porque eles não terão responsabilidade. E na Copa do Mundo não tem jogo fácil. Camarões tem um time forte e de qualidade. Nós vamos para campo respeitando o adversário", disse.

O zagueiro David Luiz seguiu o mesmo tom e destacou que uma vitória sobre a seleção no Brasil será comemorada como um título pelos camaroneses, mesmo com a eliminação precoce da Copa. Para ele, o que estará em jogo para o adversário é a sua honra.

"Camarões pode vir sem responsabilidade, mas tem o orgulho de representar a pátria. Eles querem ganhar do Brasil para mostrar que reagiram após duas derrotas. O time vem com o orgulho ferido e com a vontade de ganhar do Brasil, o que seria um título para eles", disse.

Apesar de toda a preocupação externada nas declarações, a seleção tem boas chances de avançar na Copa, pois só precisa de um empate com Camarões. E o bom momento do sistema defensivo, que só foi vazado uma vez nas últimas sete partidas, com o gol contra marcado por Marcelo na abertura do Mundial, ajuda a equipe a ficar mais próxima da classificação.

"A defesa parte do Fred lá na frente. Se a marcação lá na frente estiver bem, o meio-campo vai estar compacto e a zaga fica um pouco melhor para fazer essa marcação. Acho que parte primeiro de quem está na frente, como o Oscar e o Neymar. Espero que consigamos jogar em um nível elevado contra Camarões para conseguir o nosso objetivo, que é a classificação", disse Thiago Silva.