• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Às vésperas do Mundial Feminino, Canadá nega envolvimento com escândalo da Fifa

  • COMPARTILHE
Esportes

Às vésperas do Mundial Feminino, Canadá nega envolvimento com escândalo da Fifa

Edmonton - Dois dias antes da cerimônia de abertura do Mundial Feminino de Futebol, o presidente da Federação Canadense de Futebol, Victor Montagliani, concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira e foi bombardeado de perguntas sobre o escândalo de corrupção que abala da Fifa, organizadora do torneio.

Logo na primeira pergunta, Montagliani foi questionado se o Canadá pagou propinas para receber a competições. "Esta Copa do Mundo? Não, em absoluto", disse o dirigente. O Canadá não teve concorrentes para sediar o Mundial (chamado de Copa do Mundo pela Fifa). O Zimbábue chegou a lançar candidatura, mas a retirou.

Agora, a competição acontece tendo o escândalo da Fifa como pano de fundo. O secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke desistiu de viajar ao Canadá, um forte aliado dos EUA, para a abertura da competição, que ocorre neste sábado, com Canadá x Chile.

"Parece-me positivo que o primeiro torneio depois do que aconteceu na semana passada seja uma Copa do Mundo de mulheres. O futebol feminino é um futebol puro. Eu creio que o futebol feminino pode servir para afastar as nuvens negras que cobrem o esporte", opinou Montagliani.