• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dunga admite que seleção se poupou, mas exalta série de vitórias do time nacional

Esportes

Dunga admite que seleção se poupou, mas exalta série de vitórias do time nacional

Dunga entende que foi normal os jogadores tirarem o pé do acelerador no final da partida, mas acha que, se o 2º gol tivesse sido feito, as críticas ao desempenho da equipe seriam menores

Dunga exaltou série de vitórias do time nacional Foto: Divulgação -Rafael Ribeiro/CBF

Porto Alegre - O técnico Dunga admitiu que a seleção brasileira se poupou no amistoso da noite desta quarta-feira, contra Honduras, em Porto Alegre. Para ele, mais do que o desempenho na vitória por 1 a 0, o mais importante foi que a equipe adversária foi um bom teste para a Copa América.

"Faltando pouco tempo para iniciar a competição, é normal que o ritmo não seja o que se espera. Não obstante tudo isso, jogamos contra uma equipe que só se defendia e mesmo assim criamos quatro, cinco chances de gol", disse o treinador.

Ele lembrou que a seleção, apesar de ter oito meses de trabalho sob o seu comando, tem menos de 100 horas de treinamento. "E temos de diversificar durante o jogo para não desgastar os jogadores. Apesar disso, desde 1969 a seleção não atingia essa marca (de 10 vitórias seguidas)", ressaltou.

O treinador entende que foi normal os jogadores tirarem o pé do acelerador no final da partida, mas acha que, se o segundo gol tivesse sido feito, as críticas ao desempenho da equipe seriam menores. "Mas foi um teste importante. Vamos encontrar equipes que marcam muito e talvez os árbitros não vão permitir tantas faltas. Mas vai ser jogo de marcação. Vamos enfrentar equipes muito fechadas, esperando um contra-ataque."