• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Macaé vence e acaba com a invencibilidade do Botafogo na Série B

  • COMPARTILHE
Esportes

Macaé vence e acaba com a invencibilidade do Botafogo na Série B

Rio - O Botafogo foi à campo na tarde deste sábado para defender sua invencibilidade e a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, mas um apagão no primeiro tempo rendeu três gols ao Macaé em apenas 15 minutos - em jogadas muito parecidas, pelo lado esquerdo da defesa - e definiu a primeira derrota da equipe na divisão de acesso, apesar da reação no segundo tempo, quando marcou dois gols e tomou mais um.

Derrotado por 4 a 2 pelo Macaé, o time, que até então havia tomado só três gols em oito jogos, levou quatro em uma só partida, mas permanece na liderança com 20 pontos, um à frente do Paysandu, que venceu o Vitória por 1 a 0 em jogo realizado na última terça-feira.

Nos primeiros 15 minutos a partida estava equilibrada e beirava o marasmo. Mas o Macaé, que já tinha o melhor ataque do campeonato com 15 gols, passou a dominar o Botafogo e aos 18 minutos abriu o marcador. Pela direita, Marquinho cruzou na medida para Anselmo cabecear no canto direito do goleiro botafoguense Renan, que voltou a substituir Jefferson, titular da seleção brasileira na Copa América.

Cinco minutos depois a cena se repetiu: um pouco mais perto da linha de fundo, Marquinho cruzou e Anselmo cabeceou - desta vez no meio do gol - para marcar o segundo, aos 23 minutos.

Um minuto depois o Macaé teve um gol corretamente anulado: Juninho chutou de fora da área, o goleiro Renan rebateu e Pipico marcou, mas estava à frente dos zagueiros do Botafogo. Aos 32 minutos, nova jogada do Macaé pela direita e mais um gol: desta vez foi Henrique que cruzou e Pipico, em posição legal, marcou de cabeça.

O Botafogo parecia atordoado em campo e a torcida do Macaé se divertia gritando "olé". O técnico René Simões fez duas mudanças no meio-campo: aos 36 trocou Fernandes por Lulinha e três minutos depois tirou Diego Jardel, que sentiu a coxa direita, e levou ao campo Daniel Carvalho.

O jogo se equilibrou e aos 43 minutos o Botafogo teve chance de diminuir com Gilberto, que cabeceou exigindo uma defesa à queima-roupa do goleiro Fernando. No intervalo, nervoso, René Simões nem quis atender a imprensa.

No segundo tempo o Botafogo pressionou e conseguiu fazer o primeiro gol aos 11 minutos, quando, na entrada da área, Daniel Carvalho chutou no canto esquerdo do goleiro Fernando. A pressão continuou e aos 18 o time conseguiu o segundo gol, desta vez com Roger Carvalho, que aproveitou rebote do goleiro para marcar de cabeça.

A reação do Botafogo foi interrompida aos 26, quando o Macaé fez o quarto gol. Anselmo dividiu com o goleiro Renan e a bola sobrou para Pipico, que completou para o gol. A situação do time piorou quando Gilberto fez falta dura em Pipico e foi expulso, aos 39.

Nos minutos finais a torcida voltou a gritar "olé", mesmo com o pedido de jogadores do Macaé para que parassem. Com os quatro gols tomados, o Botafogo deixou de ter a melhor defesa da competição, além de perder a invencibilidade na Série B.

FICHA TÉCNICA:

MACAÉ 4 X 2 BOTAFOGO

MACAÉ - Fernando Ribeiro; Henrique (Max), Filipe Machado, Douglas Assis e Diego Corrêa; Thiago Cardoso, Dos Santos, Juninho e Marquinho (Fernando Santos); Pipico e Anselmo. Técnico: Marcelo Cabo.

BOTAFOGO: Renan; Gilberto, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Luis Ricardo; Andreazzi, Willian Arão, Fernandes (Lulinha) e Diego Jardel (Daniel Carvalho); Rodrigo Pimpão e Bill (Vinícius). Técnico: René Simões.

GOLS - Anselmo, aos 18 e aos 23 do primeiro tempo; Pipico, aos 32 do primeiro tempo e aos 26 do segundo; Daniel Carvalho, aos 11 minutos do segundo tempo, e Roger Carvalho, aos 26 do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

CARTÃO AMARELO - Dos Santos, Juninho e Marquinho (Macaé); Roger Carvalho, Willian Arão, Rodrigo Pimpão e Vinícius (Botafogo).

CARTÃO VERMELHO - Gilberto (Botafogo).

RENDA - não divulgada.

PÚBLICO - não divulgado.

LOCAL - Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé (RJ).