• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após vitória, Martino indica que Messi deve jogar pela Argentina contra o Panamá

  • COMPARTILHE
Esportes

Após vitória, Martino indica que Messi deve jogar pela Argentina contra o Panamá

Santa Clara, Estados Unidos - A seleção da Argentina não precisou de Lionel Messi para triunfar no seu jogo de estreia na Copa América Centenário - bateu o Chile por 2 a 1, na noite de segunda-feira -, mas deverá contar com o seu principal nos próximos compromissos no torneio nos Estados Unidos, como revelou o técnico Gerardo Martino.

Messi ainda se recupera de uma pancada nas costas, sofrida em amistoso contra Honduras, realizado durante a preparação para a Copa América, e só se juntou de modo definitivo aos seus companheiros de seleção na última sexta-feira, um dia após depor em um processo por fraude fiscal na Espanha. Por isso, Martino preferiu não se arriscar a utilizá-lo diante do Chile. Mas deu a entender que o craque do Barcelona será aproveitando contra o Panamá, na próxima sexta-feira.

"Tudo tem a ver com estar bem e em boas condições para jogar a partida seguinte", disse Martino. "Esperamos que em quatro dias esteja em condições de jogar. Acreditamos que estará recuperado", acrescentou o treinador da Argentina, que escalou Nicolás Gaitán na vaga de Messi.

Sem o seu principal jogador, a Argentina viu Ángel Di María brilhar diante do Chile, marcando o primeiro gol da partida. Na comemoração, exibiu uma camisa em que lembrava a sua avó, que faleceu recentemente: "Vó, vou sentir muito a sua falta".

"Feliz por poder fazer esse gol, poder dedicá-lo para a minha avó e para a minha família, que está passando por um momento difícil", disse o jogador do Paris Saint-Germain. "Fizemos um sacrifício enorme nos 90 minutos, acredito que merecemos a vitória", concluiu o jogador após o triunfo na rodada de abertura do Grupo D da Copa América Centenário.