• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dunga e Gilmar chegam para reunião que decidirá futuro da seleção com Del Nero

Esportes

Dunga e Gilmar chegam para reunião que decidirá futuro da seleção com Del Nero

Rio - Ameaçado de ser demitido do comando da seleção brasileira, o técnico Dunga chegou por volta das 14h40 à sede da CBF, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Acompanhado do coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi, ele entrou direto pela garagem e não conversou com a imprensa. Dunga e Gilmar estão reunidos com o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que sofre pressão para demitir a dupla.

A demissão do técnico é dada como certa nos corredores da CBF. Dunga contava com respaldo de Del Nero e de cartolas próximos ao presidente até poucas semanas atrás, mas o fiasco na Copa América Centenário, com a eliminação ainda na primeira fase, deixou a situação do técnico insustentável à frente da seleção.

Desde que assumiu a seleção pela segunda vez, em julho de 2014, Dunga apresentou desempenho invejável em partidas amistosas e pífio em jogos oficiais. Ele comandou o time em 13 amistosos (se considerarmos o Superclássico das Américas, em 2015), vencendo todos. Mas, quando os jogos valiam os três pontos, o desempenho foi de apenas 54%. Foram seis vitórias em 14 jogos, além de cinco empates e três derrotas.

A última derrota foi no último domingo, diante do Peru, que causou a eliminação do Brasil ainda na primeira fase da Copa América - pior desempenho desde 1987. O fraco retrospecto em partidas oficiais também deixou a seleção em sexto lugar nas Eliminatórias - fora, portanto, da zona de classificação à Copa da Rússia.