• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após seleção, Felipão volta a ser técnico do Grêmio

  • COMPARTILHE
Esportes

Após seleção, Felipão volta a ser técnico do Grêmio

Porto Alegre - Pouco mais de duas semanas após o fim da Copa do Mundo, o técnico Luiz Felipe Scolari foi anunciado nesta terça-feira como o novo treinador do Grêmio. Felipão volta ao time no qual despontou como técnico vitorioso na década de 90 após 18 anos para substituir Enderson Moreira, demitido no domingo.

"Luiz Felipe Scolari é o novo técnico do Grêmio. Treinador retorna ao comando do Tricolor depois de 18 anos. Bem-vindo, Felipão!", anunciou o clube em sua conta no Twitter. O nome de Felipão era especulado como um dos prováveis substitutos de Moreira desde o fim de semana, assim como Tite, cotado também para assumir a seleção brasileira - o cargo acabou ficando com Dunga.

Felipão deixou o comando da seleção ao fim da Copa sob diversas críticas. Sem alcançar a meta do hexacampeonato, o treinador ainda viveu o maior vexame da história do time nacional ao ser goleado por 7 a 1 pela Alemanha na semifinal. Para piorar, ainda foi derrotado por 3 a 0 pela Holanda na disputa pelo terceiro lugar.

Por tudo isso, não resistiu à pressão e acabou sendo dispensado pelo presidente da CBF, José Maria Marin, que tinha a intenção de mantê-lo no cargo mesmo depois da goleada diante dos alemães. Junto dele, saíram o coordenador técnico da seleção, Carlos Alberto Parreira, e demais integrantes da comissão técnica.

Aos 65 anos, Felipão tentará no Grêmio, justamente o time que deu o maior impulso a sua carreira, dar nova sequência a sua trajetória no futebol. Lá ele tentará repetir a passagem vitoriosa dos anos 1994, 95 e 96, quando foi bicampeão gaúcho (95 e 96), campeão da Copa do Brasil (94), da Copa Libertadores (95), do Brasileirão e da Recopa (ambos em 96).

No Grêmio atual, Felipão reencontrará o argentino Barcos, com quem foi campeão da Copa do Brasil pelo Palmeiras em 2012. E, na companhia do atacante, contestado pela torcida, o treinador vai tentar dar novo rumo ao time, que vem tropeçando no Brasileirão desde a paralisação do campeonato antes da Copa. O Grêmio venceu apenas uma das últimas cinco partidas disputadas. Com 19 pontos, ocupa apenas a 10ª colocação, distante dos 28 pontos do líder Cruzeiro.

O acerto entre diretoria e treinador aconteceu nesta terça-feira em São Paulo. Nesta quarta, Felipão desembarcará em Porto Alegre, onde será apresentado oficialmente. Ele fará a reestreia no comando da equipe já no fim de semana, na partida contra o Vitória, no Barradão, em Salvador.