• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

"Argentina cumpriu objetivo mínimo na Copa", diz Sabella

  • COMPARTILHE
Esportes

"Argentina cumpriu objetivo mínimo na Copa", diz Sabella

Brasília - O técnico Alejandro Sabella revelou que a Argentina cumpriu o seu objetivo mínimo na Copa do Mundo ao conseguir a classificação para as semifinais ao vencer a Bélgica por 1 a 0, neste sábado, no estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. Havia 24 anos que o país não chegava a esta fase do Mundial. A última vez foi em 1990, na Copa da Itália.

"É um momento de grande alegria para os jogadores e para todos os argentinos. Cumprimos nosso objetivo mínimo, que era estar entre os quatro melhores, mas queremos mais", disse o treinador.

Sabella classificou como "excelente" a partida da Argentina. A escalação foi diferente dos jogos anteriores: Lucas Biglia entrou no lugar de Fernando Gago no meio, Demichelis substituiu Fernández na vaga e, na lateral esquerda, Basanta substituiu o suspenso Marcos Rojo. "Fizemos uma partida excelente, tanto na tática como na estratégia. Foi um jogo de doação também. Cada jogador tinha número nas costas, mas jogador por seu companheiro", elogiou o treinador.

Embora essas mudanças na escalação tenham dado resultado, Sabella evitou se autoproclamar um dos responsáveis diretos pela vitória. "Não vou bater no peito. Essa é uma vitória dos jogadores", afirmou.

Apesar de Messi ter tido uma atuação discreta e chegou a perder um gol frente a frente com o goleiro Courtois nos acréscimos do segundo tempo, o treinador elogiou o craque do Barcelona. "Messi jogou bem. Jogar bem não é só fazer gols. É preciso ter a posse de bola e passá-la para o companheiro. Ele quase nunca perde a bola. Às vezes, ele é água no deserto e também faz gols", avaliou o técnico argentino.