• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Armero prega respeito ao Brasil: "Não é um time fraco"

  • COMPARTILHE
Esportes

Armero prega respeito ao Brasil: "Não é um time fraco"

Fortaleza - O colombiano Pablo Armero não se ilude com a dificuldade encontrada pelo Brasil contra o Chile, no último sábado, quando a seleção anfitriã da Copa do Mundo só alcançou nos pênaltis a classificação para as quartas de final. Para o confronto desta sexta-feira, em Fortaleza, o lateral-esquerdo prevê a dificuldade natural que todos estão enfrentando no torneio.

"O Brasil não é fraco, se você me perguntar. O que está acontecendo é que todas as equipes querem ir longe, é uma coisa que estamos vendo desde o início do Mundial. Todas as seleções querem vencer e estão mostrando isso. Também temos de reconhecer que o Chile é um oponente duro, com alguns grandes jogadores", analisou Armero, em entrevista ao site da Fifa publicada nesta quinta-feira.

Segundo o lateral, todos na Colômbia deverão estar atentos para contribuir na marcação de Neymar, a maior esperança brasileira. "Se vamos anular essa ameaça, então todos do time terão de dar uma ajuda. Temos de ficar juntos e não perder o foco. Somos uma equipe compacta e nós sabemos que nós conseguimos os resultados quando jogamos um pelo outro", afirmou o colombiano.

Ex-atleta do Palmeiras entre 2009 e 2010, Armero foi adversário do craque do Brasil naquele período. Neymar jogava no Santos e era conhecido pelas danças que fazia depois de marcar gols, comemorando junto de Ganso, Robinho, André e Madson. Em março de 2010, o time do colombiano ganhou de virada um clássico por 4 a 3 e ele deu o troco nos rivais celebrando com uma divertida dança, que foi apelidada de Armeration e vem sendo repetida pelos jogadores da Colômbia no Mundial para a alegria do público brasileiro.

"É ótimo que as pessoas lembrem disso", disse o jogador, que lidera seus companheiros na hora de festejar os gols, mas sabe que a Colômbia está no Brasil com o objetivo de ir longe na Copa. "Não viemos para nos divertir, mas para dar tudo de nós e buscar a glória", avisou o lateral, titular da equipe que ganhou os quatro jogos que fez na competição até aqui e no último sábado eliminou o Uruguai com uma vitória por 2 a 0, nas oitavas de final.