• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Luxemburgo vê 'momento delicado' e nega Deivid auxiliar

  • COMPARTILHE
Esportes

Luxemburgo vê 'momento delicado' e nega Deivid auxiliar

Rio - O novo técnico do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo, reconheceu durante sua apresentação oficial nesta quinta-feira, o momento delicado pelo qual o clube passa no Campeonato Brasileiro, mas afirmou que o grupo atual de jogadores tem condições de melhorar a posição do time na tabela. Com isso, o treinador procurou desconversar sobre a vinda de possíveis reforços. O comandante ainda surpreendeu ao chamar o ex-atacante Deivid, anunciado pela diretoria do clube como seu auxiliar-técnico, de

"estagiário".

"O Deivid não é meu auxiliar. O Deivid é um estagiário que vai trabalhar comigo", disse. "Ele era um jogador muito contestado no Flamengo, mas eu gostava muito dele. É um cara que eu conheço, tem boas ideias, e pode estar aqui com a gente estagiando e aprendendo", avaliou o técnico.

Com contrato assinado até o fim de 2015, Luxemburgo demonstrou confiança em seu novo trabalho à frente do Flamengo - essa é sua quarta passagem pelo clube como treinador. "É um momento delicado, mas é um momento que temos que começar a alavancar. Faltam ainda 27 rodadas", destacou, referindo-se à incômoda situação do clube no Brasileirão. Sem vencer há oito jogos, o rubro-negro carioca é o lanterna da tabela.

O técnico não quis fazer projeções sobre a real capacidade do time no campeonato. "O momento do Flamengo é o de sair dessa confusão", limitou-se a dizer, ao mesmo tempo em que procurou enaltecer a grandeza do clube. "O Flamengo tem que pertencer à elite do futebol sul-americano."

Luxemburgo, que costuma pedir pela contratação de jogadores sempre que assume uma nova equipe, esquivou-se de falar sobre reforços. "Este grupo que está agora é o que nós vamos trabalhar. Ele tem condições de nos tirar da situação em que nós estamos", disse. "Temos que ter um comprometimento maior e um sacrifício maior."

O novo técnico também não quis falar sobre as situações do lateral André Santos e do meia Elano, com quem trabalhou no Grêmio e que podem ter seus contratos rescindidos pelo clube. Segundo Luxemburgo, esse assunto diz respeito à época em que ainda não era técnico do Flamengo e está nas mãos da diretoria.

O treinador também abriu a possibilidade de o Flamengo voltar a ter treinos na Gávea. Sede da Holanda durante a Copa do Mundo, o estádio na zona sul do Rio recebeu elogios do técnico, que em sua última passagem pelo clube, entre 2010 e 2012, foi um entusiasta do Ninho do Urubu, o CT do clube localizado na zona oeste da cidade.