• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Brasil abre fase final do Grand Prix com vitória de virada sobre a China

Esportes

Brasil abre fase final do Grand Prix com vitória de virada sobre a China

Omaha, EUA - No duelo entre as únicas seleções invictas do Grand Prix, a equipe brasileira levou a melhor sobre a China nesta quarta-feira e venceu de virada, na abertura da fase final. Jogando em um ginásio praticamente vazio em Omaha, nos Estados Unidos, as brasileiras fecharam a partida pelo placar de 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/20, 25/16 e 25/14.

Com o resultado, a seleção segue com aproveitamento de 100% no Grand Prix, mesmo sem contar com sua equipe principal. Das titulares, apenas a levantadora Dani Lins faz parte do time ideal de José Roberto Guimarães, que levou as demais titulares para a disputa do vôlei nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá.

Sob o comando de Paulo Coco, o time misto vem sendo liderado por Dani Lins e Natália, em busca do 11º título na competição. Monique, Gabi, Juciely, Carol e a líbero Sassá completaram o time titular nesta quarta, contra as chinesas. E não fizeram feio diante das rivais, também candidatas ao título.

Apesar da pressão de enfrentar uma poderosa rival, a seleção brasileira fez bom começo de partida. Mas se perdeu no decorrer do primeiro set e precisou mostrar poder de superação ao longo da partida. Na primeira parcial, o Brasil chegou a abrir 6/2, antes de levar 12/10 e perder por 25/23.

A virada acendeu o time brasileiro. E partir do segundo set Dani Lins passou a variar o jogo, dando espaço para todas as companheiras em quadra. Tanto que os pontos foram bem distribuídos entre três jogadoras: Juciely (17 pontos, sendo sete somente de bloqueio), Gabi (15) e Monique (14).

No segundo set, o Brasil abriu 13/09 e não teve dificuldades de empatar o jogo ao fazer 25/20. A terceira parcial foi mais tranquila. Mantendo-se na frente desde o início, as brasileiras fecharam em 25/16, sem sofrer ameaças. Embalado, o Brasil teve ainda menos dificuldade no quarto set, ostentando diferença de 11 pontos.

Depois da vitória na estreia, a seleção brasileira vai enfrentar Rússia, Japão, Estados Unidos e Itália, nesta ordem. Nesta fase final, todas as equipes se enfrentam e leva o título quem somar mais pontos até o domingo, último dia do Grand Prix.