• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dueto do nado sincronizado evolui, mas fica em último na final da rotina livre

  • COMPARTILHE
Esportes

Dueto do nado sincronizado evolui, mas fica em último na final da rotina livre

Kazan - O dueto brasileiro, formado por Duda Miccuci e Luisa Borges, ficou em último lugar na final da rotina livre do nado sincronizado no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Kazan, na Rússia, embora tenha melhorado o desempenho em comparação com a fase classificatória.

Nos Jogos Pan-Americanos, as brasileiras conseguiram 82,300 pontos com a apresentação. Depois, na primeira fase do Mundial, conseguiram subir para 84,200. Agora, na final desta quinta-feira, elas obtiveram 84,4667 pontos (execução - 24.9000; impressão artística - 34.2667; dificuldade - 25.3000).

"Foi maravilhoso estrear como dueto no Mundial, competir com outras meninas muito boas e de nível técnico bem elevado. Nosso objetivo maior era chegar nesta final e conseguimos. Hoje fizemos uma nadada muito boa e entramos com muita vontade. Conseguimos transmitir tudo que queríamos e ainda aumentamos nossa nota. O nosso Mundial foi muito bom", analisou Luisa Borges.

As russas Natalia Ishchenko e Svetlana Romashina conquistaram a medalha de ouro, com 98,2000 pontos. As chinesas Huang Xuechen e Sun Wenyan foram as segundas colocadas, com 95,9000, seguidas pelas ucranianas Lolita Ananasova e Anna Voloshyna, que completaram o pódio com 93,6000.

OUTRAS PROVAS - Na estreia da rotina livre do dueto misto no Mundial de Esportes Aquáticos, a medalha de ouro acabou ficando com os norte-americanos Christina Jones e Bill May, com 88,5108 pontos. O pódio foi completado pelo dueto da Rússia, formado por Aleksandr Maltsev e Darina Valitova, que ficou em segundo lugar, e pelos italianos Manila Flamini e Giorgio Minisini.

Já a Coreia do Norte faturou o primeiro ouro da sua história no Mundial de Esportes Aquáticos ao vencer a disputa da plataforma de 10 metros dos saltos ornamentais com Kim Kuk-Hyang. A chinesa Ren Qian ficou em segundo lugar e a malaia Pandelela Rinong foi a terceira colocada.