• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Juniores alcançam 4º e 5º lugares, mas Brasil segue sem medalha no remo no Pan

Esportes

Juniores alcançam 4º e 5º lugares, mas Brasil segue sem medalha no remo no Pan

Toronto - O Brasil segue sem brilhar no remo dos Jogos Pan-Americanos. Nesta terça-feira, no segundo de três dias de finais em Toronto, obteve como melhor resultado um quarto lugar, com os juniores Vinícios Delazeri e Victor Ruzicki, no dois sem masculino.

Os brasileiros completaram a prova em 6min38s96, contra 6min33s52 da dupla mexicana que ficou com o bronze. A Argentina levou o ouro para a casa, com o Chile faturando o bronze.

O quarto lugar, entretanto, pode ser comemorado porque os brasileiros eram os caçulas da final. Vinícios (de 20 anos) e Victor (de 19) estão no Pan em preparação para o Campeonato Mundial Sub-23, que vai acontecer na semana que vem, na Bulgária.

A situação é a mesma de Caroline Corado (20) e Sophia Py (19), que ficaram no quinto lugar no double skiff peso leve feminino. Foram superadas por Canadá (ouro), Cuba (prata), EUA (bronze) e Argentina. Elas ficaram a pouco mais de seis segundos da medalha.

Na prova masculina de double skiff peso leve, o Brasil não conseguiu se classificar para a final. Thiago Carvalho e Alison Eraclito ao menos ganharam a final B, superando Venezuela e Guatemala. Assim, terminaram o Pan em sétimo lugar.

Depois de ter duas atletas pegas em exame antidoping surpresa durante os treinos para o Pan, o Brasil não inscreveu ninguém no single skiff feminino. Canadá, EUA e Chile ficaram com ouro, prata e bronze, respectivamente.

Na quarta-feira serão disputadas finais de mais cinco provas. O Brasil disputa três delas. Tanto no oito com quanto no quádruplo skiff feminino, aproveitou-se do fato de que apenas seis países se inscreveram. No single skiff peso leve, prova que não é olímpica, Fabiana Beltrame é favorita a salvar o remo brasileiro.