• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Luxemburgo diz que Cruzeiro vai sofrer e reclama da torcida

  • COMPARTILHE
Esportes

Luxemburgo diz que Cruzeiro vai sofrer e reclama da torcida

Belo Horizonte - O técnico Vanderlei Luxemburgo admitiu após o empate do Cruzeiro por 1 a 1 com o Avaí, domingo, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, que o seu time ainda vai "sofrer" na competição. Ele avaliou que a equipe controlou o confronto na etapa inicial, quando abriu o placar, mas depois caiu de rendimento e acabou sendo vazado no final do duelo.

"Fizemos um primeiro tempo muito bom, com definição da equipe, bom toque de bola, boas penetrações e com chance de matar (o jogo). Não fizemos e no segundo tempo em uma oportunidade que tiveram eles empataram o jogo. Isso faz parte do futebol. Chateado, porque poderíamos ter avançado para o nono lugar na classificação e aí vamos ter que sofrer um pouquinho", declarou.

Alvo de cobranças dos cruzeirenses presentes ao Mineirão, assim como a diretoria e alguns jogadores, Luxemburgo respondeu com críticas ao torcedor, ressaltando os pequenos público do time no Campeonato Brasileiro - no último domingo, o duelo com o Avaí recebeu apenas 13.860 pagantes.

"A torcida do Cruzeiro, quando o time está voando, vem 40, 50 mil torcedores. Quando está ruim, essa é a característica deles. Em 2003, eu trabalhei aqui e era assim. Temos chamar a torcida para o jogo é jogando bem", afirmou.

Com 17 pontos, o Cruzeiro está apenas em 12º lugar no Brasileirão, e terá que buscar a reabilitação fora de casa, pois os dos próximos jogos do time no torneio serão como visitante, diante de São Paulo e Sport. Luxemburgo destacou que o momento é de o time mostrar força longe do Mineirão.

"Dois jogos fora de casa, jogos duros, mas é bom. Acho que é o momento para a gente também poder buscar alguma coisa fora de casa, mostrar que temos competência para buscar alguma coisa fora de casa", observou.