• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Argel Fucks se diz tranquilo e minimiza risco de demissão no Internacional

  • COMPARTILHE
Esportes

Argel Fucks se diz tranquilo e minimiza risco de demissão no Internacional

Porto Alegre - A má fase chegou ao Internacional, que não venceu nenhuma no Campeonato Brasileiro nos últimos cinco jogos, mas isso não tira o sono do técnico Argel Fucks. Foi isso o que ele quis passar na entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, em Porto Alegre, logo após o último treino da equipe antes da viagem ao Recife, onde neste domingo o desafio será contra o Santa Cruz, no estádio do Arruda, pela 14.ª rodada.

Com uma postura tranquila, Argel Fucks comentou que não vê diferença entre as cobranças que sofreu no Figueirense, Portuguesa e Criciúma, clubes por onde já trabalhou. "Não me preocupo com isso (demissão), estou tranquilo. Fazendo o meu trabalho como sempre fiz. Ganhei dois títulos em 11 meses. Caso isso aconteça, não fico uma semana parado", disse.

As duas conquistas foram o Campeonato Gaúcho e a Recopa Gaúcha deste ano. No Brasileirão, o Internacional chegou a liderar e agora, com a fase ruim, caiu para a quinta colocação, oito pontos atrás do líder Palmeiras. "Em momento algum me preocupa o meu cargo. Estou muito tranquilo, o nosso trabalho é muito forte e seguro. A sequência é ruim, a gente reconhece. O problema é que a gente começou muito bem e se vendeu uma ilusão do time brigar pelo título. Mas não por nós, pela imprensa", afirmou Argel Fucks.

Para buscar a reabilitação em Pernambuco, o treinador optou pela estreia do atacante argentino Ariel Nahuelpan. Já o meia venezuelano Luis Manuel Seijas ficará no banco de reservas. "Não tínhamos um jogador com essa característica, com experiência. O Ariel já está entrosado, já viu vídeos. Não é porque ele vai jogar que vamos lançar lá de trás e esperar ele responder. O Ariel vai cumprir uma função dentro da área, onde a bola tem passado muito", comentou.