• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Aru tira Froome da liderança da Volta da França após etapa vencida por Bardet

Esportes

Aru tira Froome da liderança da Volta da França após etapa vencida por Bardet

Peyragudes, França - A Volta da França tem novo líder. Nesta quinta-feira, o francês Romain Bardet venceu a exigente etapa montanhosa entre Pau e Peyragudes, com um percurso de 214,5 quilômetros, mas quem teve ainda mais o que comemorar foi o italiano Fabio Aru, que ultrapassou o britânico Chris Froome na classificação geral e passou ser o detentor da camiseta amarela.

Os companheiros de Froome na equipe Sky conseguiram controlar o estágio, concluído na estação de esqui de Peyragudes, até o seu quilômetro final, quando o três vezes campeão da Volta da França não conseguiu manter o ritmo, com Aru se movendo para abrir vantagem e o britânico só conseguindo acompanhá-lo por alguns metros, enquanto Bardet foi quem mais exibiu força na chegada, garantindo o seu triunfo.

Bardet venceu a 12ª etapa da Volta da França com o tempo de 5h49min38, com uma vantagem de dois segundos para o colombiano Uran e Aru, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Froome, por sua vez, ficou em sétimo lugar e a 22 segundos do francês.

Com isso, a classificação geral se alterou, com Aru passando a ocupar o primeiro lugar com o tempo de 52h51min49 após iniciar a etapa a 18 segundos de Froome. O britânico, agora o segundo colocado, tem uma desvantagem de seis segundos. Bardet está na terceira posição, 25 segundos atrás, dez à frente de Uran, o quarto colocado.

Esta foi a terceira vez em que Bardet venceu uma etapa da Volta da França, sendo a primeira em 2017. E ele classificou a sua sensação com o resultado, que aumenta as suas esperanças a ser o primeiro local a ser campeão da prova desde 1985, como uma "alegria imensa".

Bardet revelou que anteriormente visitou a estação de esqui para avaliar as condições do final da etapa. "Eu sabia que isso poderia funcionar. Eu fui paciente. Eu fiz a diferença no final, não havia muito a fazer antes com o vento e a estação de esqui", acrescentou.

A Volta da França prossegue nesta sexta-feira com a disputa da 13ª etapa, também montanhosa, entre Saint-Girons e Foix, com um percurso de 101 quilômetros.