• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Duas parcerias femininas do Brasil avançam invictas no Mundial de Vôlei de Praia

  • COMPARTILHE
Esportes

Duas parcerias femininas do Brasil avançam invictas no Mundial de Vôlei de Praia

Viena - As duplas brasileiras Elize Maia/Taiana e Maria Elisa/Carol Solberg se classificaram, nesta segunda-feira, para a próxima etapa do Mundial de Vôlei de Praia, disputado em Viena, na Áustria. Ambas concluíram a fase de grupos da competição invictas e na primeira posição em seus grupos.

O time formado pela capixaba Elize Maia e pela cearense Taiana arrasou as moçambicanas Manhica e Muianga por 2 sets a 0, com parciais de 21/5 e 21/8, em apenas 23 minutos de partida. E apesar do triunfo obtido com extrema facilidade nesta segunda, Taiana destacou o grau de dificuldade do Grupo H - que tinha duas equipes brasileiras e um forte time da Suíça - e demonstrou confiança para a sequência da dupla no torneio considerado o mais importante da temporada.

"Esse era o grupo da morte, porque Anouk e Joana (suíças) estão em grande fase na temporada. Ficar em primeiro lugar no grupo é muito bom para nós porque dá motivação e energia para a próxima batalha. E é mais especial para mim porque é meu quarto Campeonato Mundial na carreira e no último fiquei com o vice-campeonato. Cada partida é uma nova oportunidade para mim, nova concentração, novo desafio. É nosso melhor momento na temporada, tivemos dificuldades no começo e estou orgulhosa da nossa equipe", comentou Taiana.

Já as cariocas Maria Elisa e Carol Solberg bateram as norte-americanas Kelly Claes e Sara Hughes por 2 sets a 1 (18/21, 21/16 e 15/8), em 43 minutos, pelo Grupo I da competição. O forte calor foi destacado por Maria Elisa com um fator que dificultou ainda mais o jogo para as brasileiras.

"Ficamos muito felizes em passar no primeiro lugar da chave. Foi uma partida difícil contra os Estados Unidos, com muito calor, mas conseguimos nos manter fortes. Tivemos força para no final alterar o saque, isso fez a diferença. Agora começa a fase eliminatória e temos que estar totalmente atentas, ter terminado em primeiro não significa nada. Estamos bem focadas, pensando no próximo jogo", projetou Maria Elisa.

O destaque negativo da rodada no Mundial de Vôlei de Praia para o Brasil nesta segunda-feira foi a derrota das cariocas Fernanda Berti e Bárbara Seixas para as suíças Joana Heidrich e Anouk Vergé-Dépré por 2 sets a 0 (parciais de 23/21, 21/19), em 46 minutos de jogo.

Agora, as brasileiras - que terminaram a fase de grupos em terceiro na chave - terão que aguardar a finalização desta etapa do torneio para saber se avançam como uma das quatro melhores terceiras colocadas das chaves da competição ou disputam uma espécie de repescagem.

O Brasil terá ainda outras duplas em quadra nesta terça-feira no complemento da fase de grupos do Mundial. Agatha e Duda - invictas - enfrentarão as holandesas Meppelink e Van Gestel. Larissa e Talita, que também venceram os dois primeiros jogos, terão pela frente as alemãs Victoria Bieneck e Isabel Schneider. A fase eliminatória no feminino, que terá 32 equipes, começa na próxima quarta-feira.