• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Magnano vê México como 'bom teste' antes do Mundial

  • COMPARTILHE
Esportes

Magnano vê México como 'bom teste' antes do Mundial

Granada - A seleção brasileira masculina de basquete realizou nesta segunda-feira os seus primeiros treinos em Granada, na Espanha, visando o amistoso que fará contra o México, nesta terça, e principalmente o Mundial da modalidade, no qual estreará neste sábado, contra a França, às 13 horas (de Brasília). O duelo diante dos mexicanos será o último de preparação para a competição e está sendo visto como muito valioso pelo técnico Rubén Magnano.

"É uma oportunidade boa para dar mais ritmo aos jogadores que não puderam jogar mais nas partidas anteriores. O México é um adversário forte e, com certeza, será um bom teste para nossas últimas avaliações", ressaltou o treinador argentino, em declarações reproduzidas nesta segunda pela Confederação Brasileira de Basquete (CBB).

Em Granada, o Brasil tentará afinar os últimos detalhes para o Mundial, depois de ter exibido instabilidade na semana passada em confrontos diante de Argentina, Estados Unidos e Lituânia, sendo que este último rival venceu a equipe brasileira por 64 a 61 após ter ficado 17 pontos atrás no segundo quarto. O mesmo quase ocorreu em seguida em amistoso diante da Eslovênia, que descontou larga vantagem no placar e depois caiu somente na prorrogação por 88 a 84.

A seleção brasileira desembarcou na Espanha no último domingo depois de ter realizado torneio amistoso justamente na Eslovênia. Em Granada, a equipe dirigida por Magnano reencontrará o México depois de ter encarado o rival no Torneio das Três Nações, na Argentina, no último dia 10, onde venceu por 68 a 56.

O jogo diante dos mexicanos está marcado para começar às 18 horas (de Brasília) desta terça-feira, no Pavilhão Nunes Blanca, com portões fechados para a torcida. O jogo será disputado em cinco tempos de dez minutos cada.

"Fizemos uma boa preparação, com ótimos treinos e existe uma boa química entre os jogadores antigos com os que entraram agora. Ainda temos um jogo amistoso para realizar e mais treino para corrigir o que for preciso. Com certeza, chegaremos da melhor maneira possível na Copa do Mundo", afirmou o pivô Tiago Splitter, campeão da NBA pelo San Antonio Spurs na temporada passada.

No Mundial, após estrear contra a França, o Brasil terá pela frente o Irã, às 13 horas de domingo, antes de encarar a anfitriã Espanha em 1º de setembro, às 17 horas. Já no dia 3, às 13 horas, o rival seguinte será a Sérvia, antes de fechar a primeira fase diante do Egito, no dia 4, às 10h30. Todos os jogos serão válidos pelo Grupo A da competição.