• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dudu Cearense celebra volta ao Botafogo após lesão e vitória sobre o Palmeiras

  • COMPARTILHE
Esportes

Dudu Cearense celebra volta ao Botafogo após lesão e vitória sobre o Palmeiras

O volante afirmou que vai trabalhar e reconquistar o seu espaço no time titular. Dudu Cearense foi contratado para o Fogão na última janela para transferência, mas pouco jogou pelo clube

Dudu Cearense voltou a jogar  após um longo periodo de recuperação Foto: Divulgação

O volante Dudu Cearense foi um dos jogadores do Botafogo que mais tiveram motivos pra comemorar a vitória sobre o Palmeiras no último domingo. Não só pelo resultado contra o então líder do Brasileirão, mas, especialmente, por ter voltado a atuar após um longo período afastado por lesão.

"Poder voltar a jogar logo numa vitória contra o líder nos dá moral, e pra mim também, por ter entrado e ajudado de alguma forma. Penso jogo após jogo e não podemos passar por cima do que podemos, o corpo não é uma máquina. Vou ganhando ritmo aos poucos. Fico mais tranquilo, a equipe está se recuperando e bem mais sólida. Vou trabalhar para entrar aos poucos e conquistar meu espaço", disse nesta terça-feira.

Dudu Cearense foi uma das contratações feitas pelo Botafogo na última janela para transferências, mas longo na estreia, diante do Santos, sofreu uma forte pancada que lhe causou a lesão no joelho esquerdo.

"Pra mim foi um pouco frustrante, até por ter acontecido no primeiro jogo. Sofri uma pancada forte e preferi não sair. Imaginei que jogaria até o final mesmo com dor, mas infelizmente foi uma dor muito grande. Tive uma recuperação e preparação forte depois", lembrou.

O jogador também falou das dificuldades enfrentadas durante a recuperação. "Até para o torcedor entender, quem fica de fora trabalha até muito mais. Fiquei um mês concentrado em General Severiano e aqui existem normas. Foram praticamente trinta dias trabalhando de manhã, tarde e algumas vezes até de noite. O torcedor não vê isso, mas não trabalho para mostrar e sim por ser empregado do clube. Tenho que fazer o meu melhor."