• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Arsenal bate o Chelsea nos pênaltis e conquista a Supercopa da Inglaterra

Esportes

Arsenal bate o Chelsea nos pênaltis e conquista a Supercopa da Inglaterra

Londres - O Arsenal começou a temporada 2017/2018 comemorando um título. Neste domingo, a equipe londrina derrotou o rival Chelsea nos pênaltis, em Wembley, após empate por 1 a 1 no tempo normal, e faturou o troféu da Supercopa da Inglaterra, torneio disputado anualmente e que coloca frente a frente o campeão do Campeonato Inglês e o da Copa da Inglaterra.

Com o resultado, o Arsenal voltou a levar a melhor sobre o rival na decisão. A equipe garantiu vaga na Supercopa depois de ter batido justamente o Chelsea na decisão da Copa da Inglaterra da última temporada, há pouco mais de dois meses. Mesmo que não seja o torneio mais importante do ano, o título deste domingo é um bom resultado para o técnico Arsène Wenger, pressionado nos últimos tempos justamente pela falta de conquistas importantes.

Ao Chelsea, fica a decepção, já que a equipe saiu na frente e esteve a 10 minutos de garantir o título. Atual campeão nacional, o time inicia a defesa de seu título no Campeonato Inglês contra o Burnley, sábado que vem, em casa. Já o Arsenal encara o Leicester na sexta-feira, também em Londres.

O JOGO - O Arsenal surpreendeu o Chelsea e adotou uma postura bastante ofensiva nos primeiros minutos. Só não abriu o placar porque Courtois fez ótimas intervenções em lances de Iwobi e Xhaka. Aos 22 minutos, o time de Arsène Wenger teve sua melhor chance do primeiro tempo. Lacazette tabelou com Welbeck e finalizou com categoria, na trave.

O susto acordou o Chelsea, que reagiu e dominou a reta final do primeiro tempo. Aos 31 minutos, Moses fez lindo lance pela direita e bateu firme, mas Cech salvou com o pé. O goleiro voltaria a aparecer três minutos depois, desta vez para bloquear bela finalização de Pedro.

O embalo do Chelsea continuou no segundo tempo, e não demorou para o primeiro gol sair. Com apenas 49 segundos, Moses aproveitou bate-rebate na área após escanteio da direita, recebeu de Cahill e tocou na saída de Cech.

Mesmo com a vantagem, o Chelsea voltou a assustar minutos depois com Batshuayi, que parou novamente em Cech. A partir daí, no entanto, a equipe se fechou na defesa e deixou a posse de bola com o Arsenal, que quase marcou aos 14. Elneny recebeu pela lateral e arriscou mesmo com pouco ângulo. Courtois fez outra grande defesa.

O goleiro belga voltou a mostrar por que é um dos melhores do mundo aos 30 minutos. Xhaka, bem à sua característica, arriscou chute forte de fora da área, que morreria no ângulo do gol do Chelsea, se não fosse a defesa de Courtois.

Aos 34, Pedro fez falta dura ao acertar carrinho por trás em Elneny e foi expulso. O Arsenal aproveitou a vantagem numérica imediatamente. Na cobrança pela direita, Xhaka jogou para a área e Kolasinac apareceu livre para desviar e selar o empate, que levou o duelo para os pênaltis.

Nas penalidades, Courtois foi de herói a vilão e desperdiçou sua cobrança. Morata também errou sua tentativa para o Chelsea, que converteu com Cahill. Já o Arsenal foi perfeito, viu Walcott, Monreal, Oxlade-Chamberlain e Giroud marcarem e comemorou o título.