• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Flamenguistas protestam em aeroporto e Guerrero é contido após discussão

Esportes

Flamenguistas protestam em aeroporto e Guerrero é contido após discussão

Rio - A derrota de virada para o Santos, na última quarta-feira, no Pacaembu, deixou os ânimos à flor da pele no Flamengo. Não só por parte dos torcedores, que compareceram ao Aeroporto Santos Dumont nesta quinta para protestar, mas também dos jogadores, principalmente o centroavante Paolo Guerrero.

Diante das cobranças de parte da torcida nesta quinta no saguão do aeroporto, Guerrero não reagiu bem. Ao ouvir críticas de um flamenguista, que pedia para a equipe "dar o sangue" e questionou o salário do peruano, o atacante reagiu e confrontou o torcedor, precisando ser contido por um segurança.

"Você acha que eu não dou o sangue? Está maluco, rapaz?", repetiu Guerrero em algumas oportunidades. Diante da insistência do flamenguista na cobrança, o peruano, então, perdeu a cabeça e esbravejou. "Se você é flamenguista, então torce c... Torce, p... Seu babaca. Não vem falar m... na minha cara, filho da p...".

Foram pouco mais de 20 torcedores que compareceram ao aeroporto no protesto desta quinta-feira. Apesar da desavença de um deles com Guerrero, o peruano não foi o principal alvo das críticas, mas sim a diretoria e o técnico Zé Ricardo. À equipe, os flamenguistas pediram "disposição", acusaram "covardia" dos jogadores e avisaram: "Acabou a paz".

A derrota por 3 a 2 para o Santos distanciou ainda mais o Flamengo da briga pelo título do Brasileirão. A equipe estacionou nos 29 pontos, na quinta colocação, já a 15 do líder Corinthians. Com Zé Ricardo pressionado, um triunfo sobre o Vitória neste domingo, no Estádio Luso-Brasileiro, é fundamental para os cariocas.