• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Grêmio precisa vencer Estudiantes em 'jogo do ano' para seguir na luta pelo tetra

Esportes

Grêmio precisa vencer Estudiantes em 'jogo do ano' para seguir na luta pelo tetra

Depois de perder o confronto de ida das oitavas de final por 2 a 1, na Argentina, o time gaúcho precisa reverter a situação na sua arena nesta terça-feira, às 21h45

Atual campeão da Libertadores, o Grêmio joga todas as suas fichas no confronto desta terça-feira diante do Estudiantes para seguir na luta pelo bicampeonato consecutivo, o quarto título no total. Depois de perder o confronto de ida das oitavas de final por 2 a 1, na Argentina, o time gaúcho precisa reverter a situação na sua arena nesta terça-feira, às 21h45.

Ao Grêmio, basta uma vitória simples para avançar às quartas de final. O placar de 1 a 0 favorece o time gaúcho, que, no entanto, precisará vencer por pelo menos dois gols de diferença se for vazado. Um triunfo por 2 a 1 leva a disputa para os pênaltis, e qualquer outro resultado dá a classificação ao Estudiantes. Quem avançar encara Atlético Tucumán, da Argentina, ou Atlético Nacional, da Colômbia.

Orgulhoso de ser um time "copeiro", o Grêmio de Renato Gaúcho terá de lidar com uma situação pouco comum nesta terça. Em nenhum dos confrontos de mata-mata da Libertadores vencida no ano passado os tricolores foram para o jogo de volta em desvantagem. Contra Godoy Cruz, Barcelona-EQU e Lanús, a equipe venceu a ida, enquanto diante do Botafogo, o resultado foi de empate.

Se o cenário não é o mais favorável, o gol marcado por Kannemann na ida, que reduziu o prejuízo de 2 a 0 para 2 a 1, dá confiança ao Grêmio para esta terça. A expectativa é de um confronto bastante complicado, que o lateral Cortez definiu como "jogo do ano" para o clube na véspera da partida.

"A gente tem que saber fazer a leitura correta do jogo, saber o momento certo de apoiar ou defender. O mais importante é conseguir a nossa classificação. E o grupo está pronto pra isso. Sabemos que é o jogo do ano para o Grêmio. Sabemos da importância da classificação para toda equipe, para a diretoria, para os torcedores", declarou.

Na segunda-feira, Renato fechou a maior parte do treinamento à imprensa. Depois de uma palestra com os jogadores, o comandante tricolor impediu a entrada dos jornalistas durante uma hora do trabalho. Quando os portões foram abertos, os atletas já faziam uma atividade recreativa.

Renato tem todos os titulares à disposição e leva apenas uma dúvida para o confronto. Em baixa e criticado pela torcida, André vem sendo escolhido pelo treinador, mas Jael pode ganhar a vaga. Os dois foram poupados no fim de semana contra o Atlético-PR, pelo Brasileirão, quando o Grêmio atuou com os reservas, o que aumentou o mistério para esta terça.

Do outro lado, o Grêmio terá pela frente um adversário que vive ano bastante complicado. Depois de ser somente o 16.º colocado na última edição do Campeonato Argentino, o Estudiantes não começou bem a atual e soma apenas três pontos após três rodadas. A equipe joga todas as suas fichas na Libertadores, uma vez que parece distante das principais forças do país na competição nacional.

Para piorar, o Estudiantes terá desfalques para esta terça-feira. Expulso no jogo de ida, Zuqui está fora da partida e deve dar lugar a Braña, ausência no duelo da Argentina por lesão. Facundo Sánchez e Gastón Fernández, ex-jogador do próprio Grêmio, ainda se recuperam de problemas físicos e são dúvidas.