• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após negociação com Manchester melar, Navas não pega o Brasil

  • COMPARTILHE
Esportes

Após negociação com Manchester melar, Navas não pega o Brasil

San Jose - Principal nome da seleção da Costa Rica, o goleiro Keylor Navas não vai participar do amistoso da equipe centro-americana contra o Brasil, sábado, em Nova Jersey. Nesta terça-feira, a Federação Costa-Riquenha de Futebol anunciou que dispensou o jogador de se apresentar ao técnico Oscar Ramírez para os dois amistosos que a equipe fará nos Estados Unidos.

Na segunda-feira, Navas foi coadjuvante da mais aguardada negociação do último dia da janela de transferências da Europa. Seria moeda de troca da contratação do goleiro De Gea por parte do Real Madrid e assinaria com o Manchester United. Mas, por motivos até agora não totalmente esclarecidos, os dois clubes não conseguiram registrar o contrato de De Gea até as 23h59 em Madri. Todo o negócio acabou cancelado.

"Entendemos que a situação que está atravessando Keylor é muito difícil. A incerteza sobre seu futuro gera um grande desgaste mental, por isso quisemos que fosse ele quem tomasse a decisão se se apresentaria ou não à seleção. Assim, foi Keylor quem disse ao presidente (da federação costa-riquenha) que preferia ficar na Espanha e falar com os dirigentes do Real Madrid", explicou o secretário geral da entidade, Rafael Vargas.

O técnico Oscar Ramírez disse entender a situação e garantiu respaldo ao goleiro, maior nome do futebol da Costa Rica na atualidade. "Keylor está passando por momentos difíceis e devemos ser compreensivos", opinou. Além do Brasil, a Costa Rica também enfrenta o Uruguai nessa data Fifa.