• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nota alta no solo é prioridade de Arthur Zanetti na Croácia

Esportes

Nota alta no solo é prioridade de Arthur Zanetti na Croácia

São Paulo - Campeão mundial, olímpico e agora pan-americano, Arthur Zanetti chegou num patamar que ninguém mais duvida da capacidade dele nas argolas. Agora, o desafio é brilhar no solo. No Mundial de Glasgow (Escócia), em outubro, o Brasil precisa ficar entre os oito primeiros por equipes e a nota de Zanetti neste aparelho será fundamental.

O primeiro e único teste da nova série que Zanetti tem treinado será a etapa da Croácia da Copa dO Mundo de Ginástica Artística, que começa nesta quinta-feira e vai até domingo em Osijek. O atleta de São Caetano do Sul se apresenta nas eliminatórias na quinta e, se avançar, faz final no sábado.

"Será um teste para a série nova, para conferir a minha nota em uma competição internacional, após várias avaliações feitas no Rio. Tenho de ver em uma competição se virá mesmo a nota que a gente espera, se bate com a nossa expectativa de tirar 15 ou próximo de 15", explica Zanetti. No Mundial do ano passado, ele recebeu 14,266 pontos. Na ocasião, só Diego Hypolito (15,900) e Arthur Nory (15,233) passaram dos 15 pontos.

Dependendo do resultado na Croácia é que Zanetti e a comissão técnica da seleção vão decidir que séria apresentar no Mundial. "Vai ser um treino, mais um teste para o Mundial, para definir a série que vamos fazer. As expectativas são boas", diz o ginasta.

Além dele, o Brasil será representado na Croácia por Arthur Nory Mariano (solo, cavalo com alças, salto e barra fixa), Lucas Bitencourt (cavalo com alças, paralelas e barra fixa) e Caio Souza (argolas, salto e paralelas).

O restante da seleção segue treinando no Rio. O grupo está desfalcado de seu ginasta mais completo, Sérgio Sasaki, que operou o joelho direito em janeiro e recentemente precisou passar por novo procedimento cirúrgico, desta vez no ombro direito, o que o impede de realizar treinos tantos para os membros inferiores quanto os superiores. Ele ainda é dúvida para o Mundial.