• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Magnussen ganha liberação médica para GP da Itália após forte acidente na Bélgica

  • COMPARTILHE
Esportes

Magnussen ganha liberação médica para GP da Itália após forte acidente na Bélgica

Monza - Depois de sofrer um violento acidente no GP da Bélgica de Fórmula 1, no último domingo, o dinamarquês Kevin Magnussen recebeu liberação médica para poder disputar a próxima etapa do Mundial da categoria, neste domingo, em Monza, na Itália.

O piloto da Renault foi aprovado em uma última avaliação da equipe médica da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), nesta quinta-feira, dois dias depois de a sua equipe ter informado, por meio de um comunicado, que ele não sofreu "fratura ou lesão grave" durante a prova realizada no circuito de Spa-Francorchamps.

Após a forte pancada que deu no muro de proteção depois de rodar na famosa curva Eau Rouge, Magnussen saiu do seu carro caminhando e sem sinais de lesões no acidente. Entretanto, foi encaminhado por precaução a um hospital, onde foi detectado que ele sofreu um corte no tornozelo esquerdo.

Nesta quinta-feira, a Renault publicou uma foto em sua página no Twitter, na qual exibiu Magnussen fazendo sinal de positivo com a mão, e escreveu: "Tudo liberado para correr". Assim, a equipe indicou que ele passou pelo exame obrigatório exigido pela FIA para estar no cockpit do seu carro já a partir dos treinos livres desta sexta-feira em Monza.

Magnussen ocupa atualmente a 16ª posição no Mundial de Pilotos, com seis pontos contabilizados graças ao sétimo lugar obtido no GP da Rússia, em maio, quando conquistou o seu melhor resultado nesta temporada da F1, na qual não pontuou em nenhuma outra corrida do ano.