• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Árbitros brasileiros dominam escala da penúltima rodada das Eliminatórias

  • COMPARTILHE
Esportes

Árbitros brasileiros dominam escala da penúltima rodada das Eliminatórias

Assunção - Com a seleção brasileira classificada antecipadamente à Copa do Mundo de 2018, os árbitros do País vão ter bastante trabalho na penúltima rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. Nesta quarta-feira, a Conmebol anunciou a escala dos juízes definida pela Fifa para os cinco jogos da rodada e escalou quatro brasileiros.

A exceção, evidentemente, será o jogo do Brasil. A equipe vai encarar a Bolívia, em La Paz, e o árbitro escalado para o duelo foi o argentino Fernando Rapallini. Esse, aliás, é o único jogo da penúltima rodada das Eliminatórias que não tem peso, pois a seleção está garantida na Copa de 2018 e os bolivianos não têm mais chances de classificação, assim como a Venezuela.

Os outros quatro jogos terão efeitos na definição das outras três vagas da América do Sul na Copa, além do quinto colocado, que disputará uma repescagem mundial contra a seleção da Nova Zelândia, que venceu as Eliminatórias da Oceania. E todos eles serão dirigidos por árbitros brasileiros.

Ricardo Marques Ribeiro vai apitar Colômbia x Paraguai em Barranquilla, Sandro Meira Ricci será o juiz de Chile x Equador em Santiago, Wilton Pereira Sampaio comandará Argentina x Peru em Buenos Aires e Anderson Daronco será o árbitro de Venezuela x Uruguai em San Cristóbal.

A Fifa ainda não definiu quais serão os árbitros das última rodada das Eliminatórias, mas determinou que todos os cinco jogos sejam disputados no mesmo horário, às 20h30 (horário de Brasília) de 10 de outubro. Será nessa data que o Brasil vai encerrar a sua campanha no torneio classificatório da Conmebol diante do Chile, em São Paulo, no Allianz Parque.