• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Jair lamenta falta de compactação após empate, mas diz que Botafogo pode avançar

Esportes

Jair lamenta falta de compactação após empate, mas diz que Botafogo pode avançar

Em um jogo sem gols, o técnico Jair Ventura destacou a falta de compactação do time, Jair garantiu que o time carioca tem condições de avançar à semifinal

Rio - O técnico Jair Ventura reconheceu que o Botafogo teve uma atuação irregular no empate por 0 a 0 com o Grêmio, no Engenhão, na noite desta quarta-feira, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores. Mas, embora tenha reclamado da falta de compactação do time, ele garantiu que o time carioca tem condições de avançar à semifinal.

"Nosso time estava muito espaçado, conversamos no vestiário e foi unânime. Falo da compactação, quando está na defesa e no ataque e tira espaços do adversário. Estava perdendo muito a segunda bola, com dois lados muitos distantes", disse. "No segundo tempo aproximamos e conseguimos criar algumas oportunidades, melhoramos. Teve um lance do Gilson, um do Guilherme. Mas foi jogo equilibrado."

A possibilidade de avançar se empatar com gols na próxima quarta-feira em Porto Alegre, no entanto, manteve Jair otimista para o segundo confronto. "Não só nesta partida, mas em todo jogo a gente quer sempre mais. Esse é o nosso pensamento, um vestiário com clima leve. Teríamos que fazer o dever de casa? Teríamos, mas nem sempre é possível. Se fizer um gol lá, o adversário terá que fazer dois."

O treinador lembrou, inclusive, o duelo da segunda fase da Libertadores, quando o Botafogo se classificou ao empatar com o Colo-Colo por 1 a 1, no Chile. "O trabalho do treinador não para, não só o meu como o deles. Se o mais pessimista quiser levar pelo lado ruim, pode levar. Mas a gente quer levar pelo bom, o empate do Colo-Colo e a classificação, por exemplo", acrescentou.

Confiante na classificação, Jair procurou minimizar a responsabilidade por levar o Botafogo à semifinal. "Esse peso não vai ser para mim, estou no primeiro ano. Mas esse clube merece, e esse grupo que é maravilhoso, pelo profissionalismo deles. Por eles que a gente merece", completou.

Antes de voltar a enfrentar o Grêmio, o Botafogo terá compromisso pelo Brasileirão. No sábado, o time vai receber o Santos, no Engenhão, pela 24ª rodada.