• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sampaoli aposta em Icardi e deixa Higuaín fora de jogos decisivos da Argentina

Esportes

Sampaoli aposta em Icardi e deixa Higuaín fora de jogos decisivos da Argentina

A Argentina, que está fora da zona de classificação para o Mundial da Rússia, jogará a vida contra o Peru em 5 de outubro

O técnico Jorge Sampaoli manteve a confiança em Mauro Icardi e o convocou novamente para os últimos dois compromissos da seleção argentina nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, de caráter decisivo, deixando, novamente, Gonzalo Higuaín fora da lista divulgada nesta sexta-feira.

A Argentina, que está fora da zona de classificação para o Mundial da Rússia, jogará a vida contra o Peru em 5 de outubro, em La Bombonera, e depois visitará o Equador, no dia 10, em Quito, nas rodadas finais das Eliminatórias. Os quatro primeiros colocados do classificatório da Conmebol se garantem na Copa e o quinto disputará uma repescagem mundial com a Nova Zelândia.

Sampaoli havia apostado em Icardi como substituto de Higuaín para solucionar a seca de gols da seleção, algo que explica o seu quinto lugar nas Eliminatórias, com 24 pontos e 16 gols marcados em 16 rodadas.

Icardi, artilheiro da Inter de Milão, não ajudou a melhorar a produção ofensiva no empate sem gols com o Uruguai e no 1 a 1 diante da Venezuela. Nesse último duelo, teve quatro chances claras, mas as desperdiçou, e o gol argentino foi contra.

De qualquer forma, Sampaoli renovou a aposta em Icardi na convocação desta sexta-feira, apenas com jogadores que atuam fora da Argentina e que é liderada por Lionel Messi, astro do Barcelona.

Em comparação aos últimos jogos, Sampaoli deixou Javier Pastore de fora por opção técnica e também Guido Pizarro e Nicolás Pareja, ambos lesionados. As caras novas são o meia-atacante Alejandro Gómez, que vem se destacando na Atalanta, e os defensores Germán Pezzella e Emanuel Mammana.

Sampaoli também convocou Eduardo Salvio, que havia sido excluído da lista anterior por causa de uma lesão muscular. Agustín Marchesín foi chamado para ser o terceiro goleiro reserva em substituição a Javier Rulli. A relação será completada na próxima semana com jogadores que atuam no país.

Se a Argentina não ganhar do Peru em Buenos Aires, não estará fora, mas dependerá de outro resultados na rodada final para avançar direto à Copa. Os peruanos ocupam o quarto lugar no classificatório com os mesmos 24 pontos dos argentinos e tem o mesmo saldo de gols, mas mais gols marcados.

Confira a lista de convocados da Argentina:

Goleiros: Sergio Romero (Manchester United/Inglaterra), Nahuel Guzmán (Tigres/México) e Agustín Marchesín (América/México).

Defensores: Javier Mascherano (Barcelona/Espanha), Federico Fazio (Roma/Itália), Nicolás Otamendi (Manchester City/Inglaterra), Gabriel Mercado (Sevilla/Espanha), Emanuel Mammana (Zenit/Rússia) e Germán Pezzella (Fiorentina/Itália).

Meio-campistas: Ever Banega (Sevilla/Espanha), Lucas Biglia (Milan/Itália), Leandro Paredes (Zenit/Rússia), Angel Di María (PSG/França), Marcos Acuña (Sporting Lisboa/Portugal), Eduardo Salvio (Benfica/Portugal), Emiliao Rigoni (Zenit/Rússia) e Alejandro Gómez (Atalanta/Itália).

Atacantes: Lionel Messi (Barcelona/Espanha)m Paulo Dybala (Juventus/Itália), Mauro Icardi (Inter de Milão/Itália) e Sergio Agüero (Manchester City/Inglaterra).