• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com retorno de lateral, América-MG tenta se aproximar dos líderes da tabela

  • COMPARTILHE
Esportes

Com retorno de lateral, América-MG tenta se aproximar dos líderes da tabela

O empate com o Flamengo manteve a boa fase do América-MG, que aparece com 26 pontos e já começa a sonhar com a permanência na primeira divisão.

Com o retorno de Norberto, o América-MG está definido para enfrentar o Vitória neste sábado, às 16 horas, em Salvador (BA). O lateral-direito voltou a treinar com o restante do elenco após mais de um mês afastado e está confirmado no time titular para o jogo desta 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. No ataque, a novidade deve ser Luan, após suspensão, no lugar de Giovanni.

A última partida de Norberto foi no dia 13 de julho, na derrota por 3 a 1 para o Cruzeiro na 13ª rodada. Ele lesionou o ligamento colateral medial do joelho direito, que lhe tirou dos gramados por um mês e meio. Sem opções no elenco, o técnico Adilson Batista teve que improvisar Aderlan na posição, mas, agora com o retorno do lateral-direito, o camisa 13 volta a atuar como meia.

Quem perde a posição no time titular é o volante Wesley, que deve começar a partida no banco de reservas. Sem nenhum problema por suspensão, o América-MG ainda sofre com as lesões. O atacante Giovanni sentiu desgaste muscular na coxa esquerda no empate por 2 a 2 com o Flamengo no último final de semana e deve ser poupado na Bahia.

Mas o experiente Luan, após suspensão, está de volta ao ataque ao lado de Rafael Moura, que tem mostrado bom ritmo de jogo e já marcou cinco gols. David foi diagnosticado com virose, enquanto Aylon, Lima e Ruy ainda trabalham com os médicos.

O empate com o Flamengo manteve a boa fase do América-MG, que aparece com 26 pontos e já começa a sonhar com a permanência na primeira divisão. No meio da classificação, o clube tem um retrospecto irregular fora de casa: em dez jogos são apenas duas vitórias, um empate e sete derrotas.

A diretoria continua movimentando o elenco. Acertou a vinda por empréstimo do meia Lincoln, do Grêmio, de 19 anos, e por outro lado está liberando o atacante Capixaba à Chapecoense. Ele tem vínculo com o Atlético-MG, chegou ao clube em janeiro, mas não conseguiu se firmar.