• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Em confronto alemão, Alexander Zverev perde e cai na terceira rodada do US Open

  • COMPARTILHE
Esportes

Em confronto alemão, Alexander Zverev perde e cai na terceira rodada do US Open

Um dos favoritos ao título, o alemão Alexander Zverev está fora do US Open. Neste sábado, em um duelo alemão contra o veterano Philipp Kohlschreiber, o tenista da "nova geração" não suportou a pressão e perdeu por 3 sets a 1 - com parciais de 6/7 (1/7), 6/4, 6/1 e 6/3, em 3 horas e 3 minutos -, pela terceira rodada do quarto e último Grand Slam da temporada, em Nova York.

Este foi o primeiro torneio de Zverev, de 21 anos e atual número 4 do mundo, em uma parceria com o ex-tenista norte-americano Ivan Lendl, que já foi líder da ATP nas décadas de 80 e 90. Mas o começo não nada bom. O alemão não tem tido bom desempenho em Grand Slams. Em 14 torneios deste porte, só passou da terceira rodada duas vezes - oitavas de final em Wimbledon, no ano passado, e quartas em Roland Garros, na atual temporada.

Já Kohlschreiber conseguiu a sua 24.ª vitória contra um tenista Top 10 na carreira profissional - a segunda na temporada, além de ter vencido Zverev pela terceira vez em cinco confrontos diretos. Essa é a quinta vez que chega às oitavas de final em 16 participações no US Open. Mas só avançou uma vez às quartas de final de um Grand Slam - na grama de Wimbledon em 2012.

Para repetir essa campanha, Kohlschreiber já sabe quem terá de vencer nas oitavas de final. Será o japonês Kei Nishikori, ex-Topa 10 do ranking, que derrotou o argentino Diego Schwartzman por 3 sets a 1 - com parciais de 6/4, 6/4, 5/7 e 6/1.

Outros dois tenistas conseguiram a classificação às oitavas de final neste sábado. O português João Sousa surpreendeu o francês Lucas Pouille, cabeça de chave número 17, e ganhou por 3 sets a 1 - com parciais de 7/6 (7/5), 4/6, 7/6 (7/4) e 7/6 (7/5). E o belga David Goffin, 10.º pré-classificado, suou para derrotar o alemão Jan-Lennard Struff por 3 a 0 - parciais de 6/4, 6/1 e 7/6 (7/4).