• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Goiás vence Guarani no Brinco de Ouro e se consolida no G4 da Série B

  • COMPARTILHE
Esportes

Goiás vence Guarani no Brinco de Ouro e se consolida no G4 da Série B

Em confronto direto pelo acesso à elite do futebol brasileiro, o Goiás levou a melhor e derrotou o Guarani por 2 a 0, no Estádio Brinco de Ouro. O duelo, na noite desta terça-feira, foi pela 25ª rodada da Série B, sendo definido com gols de Lucão e Caíque Sá. Com o resultado, o Goiás soma agora 42 pontos, se consolidando no grupo do acesso. Já o Guarani estacionou nos 37 e viu a diferença para o G4 aumentar.

O Guarani fez um bom primeiro tempo, chegou a pressionar o Goiás, mas acabou castigado em um lance de sorte do atacante Lucão. Em uma jogada de contra-ataque, o artilheiro da Série B recebeu dentro da área e tentou de letra. A bola bateu na defesa e voltou para os seus pés, tendo assim apenas que empurrar para o gol.

Atrás do placar, o time campineiro acabou tendo um "apagão" e por muito pouco não sofreu o segundo. Ernandes ganhou de Kevin, invadiu a área e chutou duas vezes em cima do goleiro Agenor. A bola sobrou uma terceira vez. Só que agora, o lateral acabou acertando o travessão.

A vantagem parcial do clube esmeraldino teve as mãos do goleiro Marcos, que segurou chutes de Rafael Longuine, duas vezes, e de Bruno Mendes. O camisa 9 bugrino recebeu pela direita e chutou cruzado, mas parou na excelente defesa do goleiro.

O panorama do segundo tempo não mudou. O Guarani tomou a iniciativa, mas continuou sofrendo com os contra-ataques do time goiano. Ramon arrancou em velocidade e tocou para Cáique Sá. O lateral parou em Agenor. A bola ainda sobrou para Lucão, que jogou para o meio da área, mas Fabrício apareceu em cima da hora para afastar o perigo.

Depois, o jogo acabou caindo de produção. O Guarani continuou com mais volume, mas novamente foi surpreendido pelo Goiás. Aos 37 minutos, Caíque Sá viu Agenor adiantado e chutou de fora da área para fazer 2 a 0.

E o clube goiano por muito pouco não saiu de Campinas com uma goleada. Aos 40 minutos, Júnior Viçosa arriscou de fora da área e acertou na trave. Batido, o Guarani não encontrou forças para reagir e acabou derrotado.

Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o CRB na sexta-feira, às 16h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. No mesmo dia e horário, o Goiás visita o Boa, no Estádio do Melão, em Varginha.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 0 X 1 GOIÁS

GUARANI - Agenor; Kevin, Phillipe Maia, Fabrício e Pará; Ricardinho, Willian Oliveira (Rondinelly), Matheus Oliveira (Marcão) e Rafael Longuine; Bruno Xavier (Jefferson Nem) e Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer.

GOIÁS - Marcos; Caíque Sá, David Duarte, Edcarlos e Ernandes; Gilberto, Giovanni e Renato Cajá (João Afonso); Rafinha (Maranhão), Lucão (Júnior Viçosa) e Michael. Técnico: Ney Franco.

GOLS - Lucão, aos 29 minutos do primeiro tempo. Caíque Sá, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Diego Pombo Lopez (BA)

CARTÕES AMARELOS - Bruno Mendes, Bruno Xavier, Rafael Longuine e Willian Oliveira (Guarani); Caíque Sá, David Duarte, Giovanni e Lucão (Goiás).

RENDA - R$ 38.092,00.

PÚBLICO - 2.781 torcedores.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).