• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Seleção feminina de vôlei perde outra e fica em quarto no Torneio de Montreux

  • COMPARTILHE
Esportes

Seleção feminina de vôlei perde outra e fica em quarto no Torneio de Montreux

A seleção brasileira feminina de vôlei encerrou neste domingo a sua preparação para o Mundial com uma derrota. O time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães foi batido pela Turquia por 3 sets a 2 - com parciais de 25/16, 25/18, 23/25, 20/25 e 15/13 - e ficou com o quarto lugar no Torneio de Montreux, disputado na Suíça.

A ponteira Gabi foi quem mais marcou pontos entre as brasileiras, com 13. As atacantes Drussyla e Rosamaria fizeram 11 cada uma. Pelo lado da Turquia, destaque para a ponteira Baladin, com 25 pontos, e a central Eda, com 18 acertos.

Neste domingo, José Roberto Guimarães começou a partida com Dani Lins, Rosamaria, Fernanda Garay, Gabi, Adenízia e Thaisa, além da líbero Suelen. Ainda entraram Drussyla, Carol, Roberta, Amanda e Monique.

A central Carol fez uma análise sobre a atuação do Brasil contra a Turquia e destacou o espírito de luta das brasileiras. "Hoje (domingo) não começamos bem a partida, mas lutamos e fomos buscar um placar adverso. Fico triste com a derrota, mas feliz com a nossa atitude. Esse torneio foi importante para ganharmos ritmo de jogo e vermos onde precisamos melhorar antes do Mundial. Vamos seguir trabalhando forte para chegarmos bem no Japão", disse.

Em quadra, a Turquia começou melhor e fez 4 a 1. Bem no saque, o time turco abriu cinco pontos, mas o bloqueio do Brasil cresceu de produção e o time encostou no marcador (9 a 6). Quando a Turquia fez 17 a 13, José Roberto Guimarães voltou a parar o jogo. Só que as turcas dominaram a parcial até o final e venceram o primeiro set por 25/16.

No segundo set, só deu Turquia. Logo de cara abriram boa distância - 6 a 2 e, depois, 12 a 6 - e jogou com velocidade para manter a boa diferença no marcador. As europeias seguiram melhores até o final e venceram a segunda parcial por 25/18.

A Turquia também iniciou melhor o terceiro set, mas o Brasil cresceu de produção aos poucos e conseguiu equilibrar as ações. Depois do empate em 17 pontos, a seleção brasileira melhorou no bloqueio e no saque e abriu três de vantagem. Aí foi só segurar uma reação das turcas para vencer por 25/23.

O Brasil seguiu melhor no início do quarto set. Quando as brasileiras fizeram 9 a 3, o treinador Giovanni Guidetti pediu tempo, mas com Drussyla bem no ataque, a boa vantagem no marcador foi mantida. O time de José Roberto Guimarães novamente segurou uma reação das turcas e venceu por 25/20 com um ataque da oposta Rosamaria.

Com um ace da levantadora Dani Lins, o Brasil fez 2 a 0 no quinto e decisivo set. A Turquia virou o placar e abriu dois pontos (5 a 3). A ponteira Gabi cresceu de produção e empatou em 7 a 7. A parcial ficou disputada ponto a ponto, mas as trucas se deram bem no saque e abriram 14 a 11. O time europeu conteve uma reação brasileira e fechou o set por 15/13.

Na decisão do Torneio de Montreux, a Itália derrotou a Rússia por 3 sets a 0 - com parciais de 25/21, 30/28 e 26/24. Já o próximo desafio da equipe de José Roberto Guimarães será o Mundial do Japão, que será disputado entre os dias 29 deste mês e 20 de outubro.