• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vettel admite erro de estratégia dele e da Ferrari: 'Nos custou o 2º lugar'

  • COMPARTILHE
Esportes

Vettel admite erro de estratégia dele e da Ferrari: 'Nos custou o 2º lugar'

O piloto Ferrari Sebastian Vettel lamentou o erro de estratégia e o desempenho dele no GP de Cingapura de Fórmula 1, disputado neste domingo. Terceiro colocado ao fim da prova, o alemão viu aumentar para 40 pontos a distância para Lewis Hamilton, que lidera o Mundial de Pilotos - 281 a 241 pontos.

"Acho que é bem óbvio que fizemos algo que não deu certo. Tivemos problemas com o carro que eu tinha à frente para ultrapassar", disse o tetracampeão do mundo após a corrida. Vettel largou em terceiro e ganhou a primeira posição de Max Verstappen ainda na primeira volta, mas o piloto da Red Bull retomou o posto depois de paradas de ambos nos boxes.

Depois do primeiro pit stop, a Ferrari optou por colocar pneus ultramacios para Vettel voltar à pista, enquanto os primeiros colocados preferiram compostos macios. Mais lento, o alemão teve dificuldade para ultrapassar Serio Pérez, da Force India, o que significou tempo perdido em relação a Verstappen.

"A Red Bull foi muito bem ao reagir e dar um pulo contra a gente. Não piorei muito o ritmo, mas foi perda suficiente para a gente com esses pneus. Acho que foi o fatos principal para o nosso resultado", analisou Vettel, que disse que a Ferrari e ele pensavam em vencer a prova.

"A estratégia era ganhar a posição de Lewis, o que não funcionou e nos custou o segundo lugar. Depois do que aconteceu, nosso maior foco era defender a terceira colocação. Não estava muito confiante, mas, no final, deu certo", explicou o alemão.

Vettel também preferiu eximir a Ferrari de culpa pelo resultado final. "Sempre vou defender a minha equipe. A decisão que tomamos era agressiva, todos iam comemorar se desse certo, mas não foi o caso", afirmou.