• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Balotelli volta a ficar fora de convocação da Itália

Esportes

Balotelli volta a ficar fora de convocação da Itália

Roma - Mario Balotelli voltou a ficar fora de mais uma lista de convocados anunciada por Antonio Conte, novo técnico da seleção italiana, depois de ter defendido o seu país na Copa do Mundo de 2014. O atacante do Liverpool não figurou em um grupo de 26 jogadores chamados neste sábado para os confrontos diante de Azerbaijão e Malta, válidos pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2016.

Anteriormente, Balotelli havia sido preterido por Conte de um confronto que a seleção italiana fez contra a Noruega, pela estreia do qualificatório europeu, depois de ter atuado no Mundial do Brasil como titular da equipe então dirigida por Cesar Prandelli. Na ocasião, o jogador amargou junto com o time nacional a eliminação já na primeira fase da competição.

Sem mais uma vez chamar Balotelli, Conte levou seis atacantes para os jogos diante do Azerbaijão, sexta-feira, em Palermo, e Malta, três dias depois, fora de casa. A principal novidade deste grupo foi Graziano Pellè, do Southampton, que terá a primeira chance de defender a seleção principal da Itália.

Os outros jogadores de frente chamados foram Destro (Roma), Giovinco (Juventus), Immobile (Borussia Dortmund), Osvaldo (Inter de Milão) e Zaza (Sassuolo).

Outro que ganhará a primeira chance de atuar pela seleção do país será o defensor Daniele Rugani, de 20 anos, atualmente jogando pelo Empoli. Já os meio-campistas Thiago Motta, do Paris Saint-Germain, e Giacomo Bonaventura, do Milan, voltaram a ser convocados, enquanto Daniele de Rossi, lesionado, ficou fora desta lista.

Confira a lista de convocados da seleção italiana:

Goleiros - Buffon (Juventus), Perin (Genoa) e Sirigu (Paris Saint-Germain).

Defensores - Bonucci (Juventus), Chiellini (Juventus), Ogbonna (Juventus), Ranocchia (Inter de Milão) e Rugani (Empoli).

Meio-campistas: Aquilani (Fiorentina), Bonaventura (Milan), Candreva (Lazio), Darmian (Torino), De Sciglio (Milan), Florenzi (Roma), Marchisio (Juventus), Parolo (Lazio), Pasqual (Fiorentina), Poli (Milan), Thiago Motta (Paris Saint-Germain) e Verratti (Paris Saint-Germain).

Atacantes: Destro (Roma), Giovinco (Juventus), Immobile (Borussia Dortmund), Osvaldo (Inter de Milão), Pellè (Southampton) e Zaza (Sassuolo).