• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após rumores de aposentadoria, Button confirma permanência na McLaren para 2016

Esportes

Após rumores de aposentadoria, Button confirma permanência na McLaren para 2016

Woking - Depois de circularem rumores de que estaria prestes a se aposentar da Fórmula 1 ao final deste ano, Jenson Button confirmou nesta quinta-feira a sua permanência na McLaren para a temporada de 2016. O piloto inglês, campeão mundial em 2009, admitiu que vinha pensando em deixar a categoria máxima do automobilismo ao final do campeonato deste ano, mas agora teve a sua continuidade oficializada pela própria equipe de Woking.

Desta forma, Button voltará a formar com o espanhol Fernando Alonso uma dupla de campeões mundiais no grid da F1 no próximo ano, quando a tradicional escuderia espera evoluir de forma significativa após seguir amargando até aqui uma temporada decepcionante, mesmo após a reedição da parceria histórica com a Honda como fornecedora de motores.

A falta de competitividade dos carros da McLaren também fez Button pensar em se aposentar da F1, mas ele acabou convencido por Ron Dennis, presidente e CEO da equipe, de que poderá ajudar o time a se redimir e voltar a lutar por feitos importantes em 2016.

"Ao longo do mês passado ou até um pouco mais eu pensei muito, e não era segredo que eu pensei duas vezes sobre o meu futuro", afirmou o piloto de 35 anos, que acumula sua sexta temporada consecutiva pela McLaren. "Tornou-se claro para mim que Ron está determinado e que é o único que pode liderar a nossa equipe durante essa fase de dificuldades e nos levar ao sucesso no futuro. Isso me dá grande confiança, e é por essa razão que, juntos, ele e eu decidimos continuar a nossa parceria", completou.

O contrato atual de Button, de dois anos de duração, já previa a sua permanência McLaren até o final de 2016, mas havia uma cláusula entre as partes que permitia ao piloto encerrar o acordo após o término desta temporada. Dennis, porém, enfatizou nesta quinta que "essa opção imediatamente se tornou uma irrelevância" após suas conversar com Button. "Sendo esse o caso, Jenson vai correr pela McLaren-Honda no próximo ano, de acordo com os termos e condições estabelecidos no contrato de dois anos que ambas as partes firmaram há um ano", destacou o dirigente.

Agora com a permanência de Button assegurada para 2016, a McLaren tenta evoluir nesta reta final desta temporada da Fórmula 1, na qual soma apenas 17 pontos no Mundial de Construtores. Alonso é o 16º colocado do Mundial de Pilotos, com 11 pontos, enquanto o seu companheiro de equipe é o 18º, com somente seis. "É verdade que este ano não tem sido fácil para nós, mas sabemos o que precisamos fazer para melhorar as coisas", disse Button nesta quinta.

Sem vencer uma corrida desde quando faturou o GP do Brasil de 2012, o veterano inglês teve como seu melhor resultado neste ano o oitavo lugar do GP de Mônaco, em maio. Ao disputar o Mundial de 2016, por sua vez, ele se tornará o terceiro piloto da história da F1, após Rubens Barrichello e Michael Schumacher, a passar a marca de mais de 300 corridas disputadas na categoria, na qual hoje acumula 279 provas realizadas. Neste período, conquistou 15 vitórias e subiu 50 vezes ao pódio, sendo que o seu título foi obtido correndo pela extinta equipe Brawn GP.