• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Calendário internacional do vôlei de praia prevê 5 etapas no Brasil em 2016

Esportes

Calendário internacional do vôlei de praia prevê 5 etapas no Brasil em 2016

Lucerna - A falta de patrocinadores e a crise institucional da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) fizeram com que o Brasil perdesse pela primeira vez o direito de disputar um evento da série Grand Slam no Circuito Mundial de Vôlei de Praia em 2015. O País só não ficou fora do calendário internacional porque recebeu o evento-teste dos Jogos Olímpicos. Mas na temporada que vem o cenário promete ser totalmente diferente.

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) anunciou o calendário provisório de 2016 com a realização de cinco etapas do Circuito Mundial no Brasil. São três eventos da série Open (de menor premiação) e um Grand Slam, no Rio, além é claro dos Jogos Olímpicos. Além disso, o Mundial Sub-17 também será no País, em Cabo Frio (RJ), onde fica o centro de treinamento da CBV.

De acordo com a FIVB, o calendário internacional começa com um evento Open em Vitória (ES), entre 26 e 31 de janeiro. Depois, entre 23 e 28 de fevereiro, a parada é em Maceió (AL). Mais uma semana de descanso e o Rio recebe o primeiro Grand Slam do ano, entre 8 e 13 de março. Por fim, num mês com eventos Open todas as semanas, abril terá a etapa de Fortaleza (CE), de 26 de abril a 1º de maio.

De acordo com a FIVB, 11 cidades brasileiras já receberam eventos do Circuito Mundial - o Grand Slam disputado em Barueri em 2014 conta como tendo ocorrido em São Paulo. Vitória sediou um total de oito torneios e Fortaleza 10 (ainda que realizados simultaneamente, as competições masculina e feminina são computadas separadamente). Maceió recebeu apenas um evento, feminino, em 1996, contra 24 do Rio.