• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ídolo do Real, Raúl anuncia que abandonará o futebol em novembro

Esportes

Ídolo do Real, Raúl anuncia que abandonará o futebol em novembro

Nova York - A carreira de um dos principais ídolos daquele que é tido por muitos como o maior clube do mundo chegará ao fim no mês que vem, em novembro. Nesta quinta-feira, o atacante Raúl, ex-Real Madrid, anunciou que vai abandonar o futebol profissional em novembro, quando a temporada de seu atual time, o New York Cosmos se encerrar.

"Quando assinei pelo New York Cosmos em dezembro, eu disse que avaliaria como me sentiria no fim do ano e decidiria se continuaria atuando. Minha decisão é me aposentar ao fim da temporada. Estou focado em terminar esta temporada forte e ajudando o Cosmos a vencer o campeonato. Nos próximos meses, decidirei os próximos passos da minha carreira", declarou.

Aos 38 anos, Raúl deixará o futebol após 21 anos como profissional. O New York Cosmos, onde chegou no fim do ano passado, se transformou na última página de sua vitoriosa carreira, na qual ele quer adicionar mais um título no mês que vem: o de campeão da North American Soccer League (NASL, liga inferior dos Estados Unidos).

"Jogar futebol tem sido parte da minha vida há tanto tempo que a decisão de me aposentar não é fácil, mas acredito que aconteça na hora certa", comentou. "Sou muito agradecido a todos que me apoiaram durante minha carreira e estou ansioso para os últimos jogos com o Cosmos nas próximas semanas."

Apesar das passagens por New York Cosmos, Schalke 04 e Al Sadd (Catar), foi mesmo com a camisa do Real Madrid que Raúl fez história. Foi lá que ele se profissionalizou em 1994 e participou de uma das mais vitoriosas fases do clube. Em 16 anos com a camisa madrilenha, conquistou três Ligas dos Campeões, dois Mundiais de Clubes, seis títulos espanhóis, entre outros.

Mesmo que não fosse exatamente um centroavante clássico, ainda é o maior artilheiro do Real em todos os tempos, com 323 gols, agora empatado com Cristiano Ronaldo, que pode ultrapassá-lo já neste fim de semana. Raúl inclusive atuou ao lado do português, além de diversas gerações de craques, como Hierro, Laudrup, Butragueño, Zamorano, Suker, Mijatovic, Figo, Ronaldo, Zidane, entre outros.

Sua grande história no futebol é reconhecida até por quem conviveu com ele somente neste fim de jornada. "Raúl é um dos jogadores mais icônicos do mundo. Sabia, quando assinei com ele, que traria sua sabedoria, paixão, profissionalismo e comprometimento, mas ele surpreendeu minhas expectativas. Em menos de um ano, Raúl se tornou grande parte do time e sempre lembraremos dele como parte da família Cosmos", disse o técnico da equipe nova-iorquina, Giovanni Savarese.