• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Kaká mira recorde pela seleção, mas prevê que será 'atropelado' por Neymar

Esportes

Kaká mira recorde pela seleção, mas prevê que será 'atropelado' por Neymar

Santiago - As Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018 podem ser especiais para Kaká pela possibilidade que ele tem de quebrar um recorde. O meia pode se tornar o maior artilheiro brasileiro na disputa. Até agora, o jogador marcou 10 gols em partidas classificatórias para a Copa do Mundo. Se fizer mais dois, supera Romário e Zico, que têm 11, e se torna absoluto, "até o Neymar vir e atropelar tudo".

Aos 33 anos, experiente, Kaká admite que o recorde, se vier, será importante. "Vai representar muito realmente se eu conseguir fazer esse dois gols. Ser o maior artilheiro do Brasil nas Eliminatórias, contando o número de jogadores brasileiros que já participaram e o nível altíssimo, vai acrescentar muito à minha carreira", disse nesta terça-feira em Santiago.

Ele tinha consciência de que está próximo do recorde, mas não sabia o número exato de gols que já marcou nas Eliminatórias. "Sei que mais um eu empato (com Romário e Zico) e com mais dois eu assumo a liderança até o Neymar vir e atropelar tudo"

Kaká já fez 26 jogos por Eliminatórias - Neymar ainda não disputou - e da última vez que o Brasil perdeu para o Chile (3 a 0, em 2000), nem era profissional. Ainda assim, o meia não acha que a seleção deva se apegar ao retrospecto na partida de quinta-feira.

"Cada jogo tem sua história. São momentos diferentes. O fato de o Brasil jogar sempre bem com o Chile tem suas vantagens. Mas agora eles chegam motivados, campeçoes da Copa América, experientes. Vai ser uma história diferente, mas espero que o final seja o mesmo".