• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Klitschko tem sua luta de defesa de título remarcada para 28 de novembro

Esportes

Klitschko tem sua luta de defesa de título remarcada para 28 de novembro

Berlim - Wladimir Klitschko teve a luta na qual defenderá seus cinturões de campeão mundial peso pesado remarcada para o próximo dia 28 de novembro, em Dusseldorf, na Alemanha. O boxeador ucraniano irá enfrentar o desafiante britânico Tyson Fury em combate que inicialmente estava previsto para acontecer no próximo dia 24, mas a disputa precisou ser adiada depois que Klitschko sofreu uma lesão no tendão da coxa esquerda em um treinamento no mês passado.

Por meio de um comunicado divulgado nesta sexta-feira, o ucraniano de 39 anos disse que "a lesão será curada rapidamente o suficiente para eu poder entrar no ringue em 28 de novembro". O pugilista ainda fez questão de enfatizar que o "combate também ocorrerá antes do fim do ano pelos torcedores que já haviam comprado os seus ingressos".

Invicto há 11 anos, Klitschko tem um cartel de 64 vitórias em 67 combates, enquanto Fury contabiliza 24 triunfos em 24 embates. O britânico tentará se tornar o primeiro homem a vencer o ucraniano desde que o norte-americano Lamon Brewster conseguiu o feito em 10 de abril de 2004.

Klitschko é dono dos cinturões da Associação Mundial de Boxe (AMB), da Organização Mundial de Boxe (OMB) e da Federação Internacional de Boxe (FIB) e irá defendê-los na luta contra um rival que foi o autor de um ato de fanfarronice no evento de promoção da luta, em Londres, no mês passado.

Ele compareceu ao Hotel Hilton, local da entrevista coletiva, fantasiado de Batman e se sentou na cadeira reservada para ele à frente de uma mesa. Em seguida, um homem vestido de Coringa adentrou ao recinto com a intenção de interromper o boxeador, que saltou sobre a mesa e foi para cima do vilão clássico do super-herói do cinema.

Ao saltar sobre a mesa, Fury derrubou no chão os cinturões de campeão dos pesados que Klitschko exibia em uma mesinha de apoio no local e depois nocauteou o dublê de Coringa. Em seguida, em uma cena armada para promover o combate, o britânico começou a falar alto apontando o dedo para os integrantes da coletiva, entre eles Klitschko, que foi avisado que "seria o próximo" a ser derrubado após ter protagonizado a cena bizarra segundos antes. Isso tudo com uma trilha sonora clássica do Batman ao fundo.