• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Luverdense vira para 2 a 1 e deixa o Náutico fora do G4 da Série B do Brasileiro

  • COMPARTILHE
Esportes

Luverdense vira para 2 a 1 e deixa o Náutico fora do G4 da Série B do Brasileiro

Lucas do Rio Verde (MT) - O Luverdense encerrou nesta sexta-feira a sequência de seis vitórias consecutivas do Náutico, que não perdia há nove rodadas. De virada, com dois gols de Alfredo - e duas falhas do goleiro Rodolpho -, o elenco do técnico Júnior Rocha venceu por 2 a 1, de virada, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT). O resultado manteve os pernambucanos fora do G4 nesta 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e consolidou a primeira derrota do treinador Givanildo Oliveira.

Ainda assim, o clube do Recife segue na briga pelo acesso à elite do futebol nacional, com 51 pontos, em quinto lugar. Avaí e Londrina, que já jogaram na rodada, somam 54 e 52 pontos cada, respectivamente. Enquanto isso, o Luverdense chegou aos 46 pontos com o resultado e alcança a pontuação necessária para fugir do rebaixamento. Ocupa a 10.ª posição.

O placar do estádio mato-grossense foi inaugurado logo na primeira oportunidade de gol, aos 10 minutos. Em uma cobrança de lateral para o Náutico, Joazi jogou a bola direto para a grande área e o meia Renan Oliveira testou para trás. Bergson ganhou da marcação e dominou, mas acabou derrubado por Ricardo, que tentou afastar o perigo.

Bem posicionado, o árbitro tocantinense Alisson Sidnei Furtado assinalou a penalidade máxima. Na cobrança, o próprio Bergson ajeitou e cobrou no canto esquerdo do goleiro, que caiu para o outro lado e nem saiu na foto. Em resposta, o Luverdense levantou a bola na área, Rafael cabeceou, Rodolpho tirou à queima-roupa e Alfredo quase completou, mas viu a defesa afastar o perigo.

Para a segunda etapa, o Luverdense voltou mais comprometido taticamente a igualar o marcador. Raul Prata e Alfredo se movimentavam para abrir espaços na marcação e também arriscavam de fora da área, mas Rodolpho afastava o perigo. Até que, aos nove minutos, Alfredo recebeu em velocidade e acabou tocado pelo goleiro dentro de grande área em mais um pênalti no jogo.

Em uma cobrança no canto direito, Alfredo enganou o Rodolpho, que nem pulou na bola e ficou ajoelhado na linha de fundo. Com o empate, os dois times passaram a trabalhar com mais cuidado, buscando não dar espaço ao adversário. Nas poucas vezes em que o torcedor levantou da arquibancada para acompanhar a jogada foram em chutes de longa distância, mas também sem efeito.

Até que, aos 37 minutos, o Luverdense resolveu apostar nas bolas alçadas na grande área. Em um levantamento sem muita pretensão, o goleiro Rodolpho socou a bola errado e ela sobrou livre para Alfredo na pequena área que, mesmo de costas para o gol, testou para trás e marcou o gol da virada. Antes do apito final, o atacante Abner foi expulso pelo segundo amarelo - ele ficou sete minutos em campo.

O Luverdense volta a campo já nesta terça-feira, pela 33.ª rodada da Série B. Agora fora de casa, o clube viaja até a Grande São Paulo para enfrentar o Oeste, na Arena Barueri, em Barueri (SP), às 19h15. Já o Náutico terá uma semana para trabalhar, já que volta aos gramados apenas na próxima sexta contra o líder Atlético Goianiense, na Arena Pernambuco, no Recife, às 21h30 (de Brasília).

FICHA TÉCNICA

LUVERDENSE 2 x 1 NÁUTICO

LUVERDENSE - Diogo Silva; Raul Prata, Moacir, Everton e Paulinho; Jean Patrick, Ricardo, Diogo Sodré (Raphael Macena), Douglas Baggio (Abner) e Rafael Silva (Tozin); Alfredo. Técnico: Júnior Rocha.

NÁUTICO - Rodolpho; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello e Gastón Filgueira; João Ananias, Rodrigo Souza (Jefferson Nem), Marco Antônio (Tiago Adan) e Renan Oliveira; Bergson e Yuri Mamute (Negretti). Técnico: Givanildo Oliveira.

GOLS - Bergson (pênalti), aos 10 minutos do primeiro tempo; Alfredo, aos 10 (pênalti) e aos 37 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Raul Prata (Luverdense); Gastón Filgueira (Náutico).

CARTÃO VERMELHO - Abner (Luverdense).

ÁRBITRO - Alisson Sidnei Furtado (TO).

RENDA - R$ 7.020,00.

PÚBLICO - 1.072 pagantes.

LOCAL - Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT).