• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dovizioso passa Márquez na volta final, vence no Japão e acirra disputa na MotoGP

  • COMPARTILHE
Esportes

Dovizioso passa Márquez na volta final, vence no Japão e acirra disputa na MotoGP

Motegi - O italiano Andrea Dovizioso venceu uma emocionante etapa do Japão da MotoGP neste domingo, resultado que colocou fogo na disputa pelo título da temporada. O piloto da Ducati levou a melhor diante de seu principal rival, o espanhol Marc Márquez, ao ultrapassá-lo na última volta e cruzar na frente a linha de chegada no circuito de Motegi.

Com o resultado, caiu para apenas 11 pontos a diferença entre o líder da temporada da MotoGP, Márquez, que tem 244 pontos, para o próprio Dovizioso, segundo colocado do campeonato com 233. Agora, o italiano terá três etapas para ultrapassar o rival se quiser conquistar o primeiro título de sua carreira na categoria.

A forte chuva que caiu na cidade japonesa neste domingo tornou ainda mais dramática a prova, que Dovizioso venceu em 47min14s236. Márquez cruzou a chegada logo na sequência, a 249 milésimos do italiano. A terceira colocação ficou com outro italiano, Danilo Petrucci.

Até pela chuva, a prova deste domingo teve algumas surpresas. Apenas 15.º na temporada, o italiano Andrea Iannone, por exemplo, terminou na quarta colocação, seguido pelo espanhol Alex Rins, que é somente 18.º no campeonato.

Com isso, Márquez e Dovizioso abriram distância para os concorrentes e praticamente selaram que a briga pelo título ficará entre eles. Terceiro colocado na temporada, o espanhol Maverick Viñales decepcionou neste domingo, terminou em nono e chegou a 203 pontos. Quarto e quinto lugares no campeonato, Dani Pedrosa e Valentino Rossi, respectivamente, nem completaram a prova e, assim, deixaram de vez a briga pela conquista.

As condições climáticas foram determinantes para o resultado deste domingo e permitiram a Dovizioso subir no lugar mais alto do pódio apesar de ter largado apenas na nona posição. Situação inversa à do francês Johann Zarco, que saiu na pole position e terminou apenas em oitavo.

Já na largada, os pilotos se embolaram e deixaram a prova imprevisível. Petrucci aproveitou a tempestade para pular na frente e assumir a liderança com certa folga. Mas quando a chuva deu uma trégua a partir da metade da corrida, Márquez e Dovizioso se aproximaram do italiano da Ducati e conseguiram ultrapassá-lo.

Nas últimas voltas, porém, a água voltou a cair em grande quantidade. E aí, Dovizioso aproveitou para atacar seu rival. A briga foi boa e Márquez resistiu o quanto pôde, mas a apenas três curvas para a linha de chegada, o italiano finalmente venceu o adversário com uma linda ultrapassagem para garantir o triunfo.

Com o título totalmente indefinido, a MotoGP viverá seu próximo capítulo já daqui uma semana. No domingo que vem, os pilotos entram em ação para a disputa da etapa da Austrália, em Phillip Island. Depois, Malásia, no dia 29, e Espanha, no dia 12 de novembro, completam o calendário da categoria.