• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após treino, Massa vê pista mais rápida com asfalto novo

  • COMPARTILHE
Esportes

Após treino, Massa vê pista mais rápida com asfalto novo

São Paulo - Felipe Massa aprovou o novo asfalto do Autódromo de Interlagos, após completar 55 voltas no circuito nesta sexta-feira, em São Paulo, durante os dois treinos livres que abriram a disputa do GP do Brasil de Fórmula 1. O piloto brasileiro fez elogios à qualidade da pista, trocada durante reforma realizada nos últimos meses, e afirmou que ficou ainda mais rápida.

"A pista é muito mais rápida do que era no ano passado. Na minha opinião, foi a melhor mudança que já vi em termos de asfalto até hoje", comentou o piloto da Williams. "Gostei bastante também da aderência, apesar de a pista estar um pouco suja hoje (sexta-feira)."

Sem maiores dificuldades para se adaptar ao novo asfalto, Massa obteve o quinto e o sexto tempos nos treinos livres desta sexta-feira. "O carro se comportou bem, mas ainda temos muita coisa para trabalhar até amanhã (sábado, quando acontece a sessão de classificação). Ainda não sabemos como ficará o tempo", afirmou o piloto, que venceu em Interlagos em 2006 e 2008, ambas pela Ferrari.

As condições climáticas preocupam os pilotos porque nesta sexta-feira eles só tiveram oportunidade de correr em pista seca, sem chuva, ainda que o traçado estivesse um pouco úmido no início do dia. A previsão, contudo, é de mau tempo tanto para o treino classificatório neste sábado quanto para a corrida de domingo. Desta forma, as informações obtidas no primeiro dia não serão de grande ajuda para as equipes no restante do fim de semana se o tempo não se mantiver estável.

Com os termômetros na pista se aproximando de 40 graus nesta sexta-feira, os compostos macios da Pirelli sofreram forte degradação, de acordo com Massa. "Os pneus se desgastaram bastante, principalmente o macio. O médio funcionou muito bem", avaliou o brasileiro.

Duas semanas antes da etapa brasileira, ele havia criticado a escolha da Pirelli pelos pneus duros e médios, alertando para o "perigo" que estes compostos gerariam por causa da eventual baixa aderência sob clima mais frio em São Paulo. A fornecedora italiana acabou mudando os pneus para médios e macios. "Para mim, é a escolha certa", reforçou Massa, em Interlagos.

O piloto acredita que o alto desgaste dos macios deve ser reduzido a partir da queda da temperatura na cidade neste sábado - a previsão de máxima é de 24 graus. "Vai esfriar e a pista deve evoluir. Quando o asfalto é novo, a pista evolui bastante de um dia para o outro", explicou.

Projetando frio em Interlagos, Massa espera obter boa posição no grid, a ser definido neste sábado, para brigar pelo pódio no domingo. "É para isso que estamos trabalhando. Mas vimos que a Red Bull e a Ferrari estavam muito bem também. Será uma briga grande com eles", previu o brasileiro.