• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após vaga, Muricy diz: 'A gente não teve perna'

Esportes

Após vaga, Muricy diz: 'A gente não teve perna'

São Paulo - Depois de levar um gol aos 18 segundo de partida e sofrer pressão por alguns minutos, o São Paulo dominou o primeiro tempo contra o Emelec e foi para o intervalo com três gols de vantagem no agregado, ganhando por 2 a 1 em Guayaquil. A segunda etapa, porém, foi um passeio dos equatorianos, que conseguiram dois gols e colocaram duas bolas na trave. Rogério Ceni garantiu a classificação para a semifinal da Copa Sul-Americana.

O técnico Muricy Ramalho não nega o domínio do Emelec no segundo tempo, mas justifica alegando que o São Paulo estava destruído fisicamente. Afinal, foram 15 horas de viagem e nenhum treino com bola em Guayaquil.

"A gente não teve perna para melhorar no segundo tempo, mas isso faz parte do calendário. O problema é que a gente tem perdido jogadores importantes. Mas vamos brigar até o final para ir bem nas duas competições. A gente tomou um gol que não era esperado. Depois, colocamos a bola no chão, dominamos. Conversamos no vestiário que eles viriam muito forte novamente. Tomamos dois gols rapidamente e aí o jogo mudou completamente", analisou o treinador.

Quando o Emelec pressionava, Muricy colocou em campo Osvaldo e Ademilson para que o São Paulo tentasse sair em velocidade, mas de nada adiantou. "Tivemos de nos defender, jogar atrás. Esses caras estão tirando forças de onde não tem. Só nos defendemos. Não tínhamos como sair no contra-ataque. Sofremos, mas é assim, mata-mata na Sul-Americana você ganha assim."

PROGRAMAÇÃO - De volta ao Brasil, o São Paulo viaja sábado para Salvador, joga contra o Vitória no domingo, pelo Brasileirão, e já na segunda-feira vai até a Colômbia para enfrentar o Atlético Nacional. Pela programação divulgada pelo clube, a ideia é fazer o reconhecimento do estádio de Medellín na terça, com a primeira semifinal programada para quarta-feira. A Conmebol ainda não confirmou as datas da próxima fase.