• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após vitória, Dunga diz que ganhou opções na seleção

  • COMPARTILHE
Esportes

Após vitória, Dunga diz que ganhou opções na seleção

Istambul - "O leque de opções se abriu". A constatação é do técnico Dunga, após a boa atuação da seleção brasileira na goleada por 4 a 0 sobre a Turquia, em amistoso disputado nesta quarta-feira, em Istambul. Diante dos turcos, ele foi obrigado a fazer algumas mudanças na equipe, já que não convocou jogadores que atuam no Brasil para não atrapalhar os clubes na reta final da temporada, e gostou do que viu.

"As possibilidades se abriram e isso facilita o trabalho", declarou Dunga, depois de ter elogiado os jogadores que tiveram a primeira chance sob seu comando. "Eles estão aproveitando a oportunidade e isso que faz o futebol brasileiro ser competitivo."

Dunga elogiou a maturidade do zagueiro Miranda, hoje titular da seleção - desbancou o antigo capitão Thiago Silva - e o comportamento de outros que "souberam esperar sua vez", mesmo não tendo ido para a Copa do Mundo. "Não reclamaram, não falaram nada. Só trabalharam. Todos, para garantir lugar em campo, precisam jogar em campo, que é onde falam mais alto e falam de verdade", alertou.

Para ele, "todos tiveram seu momento" em campo. "Isso é o que estamos criando dentro da seleção. Entraram e conseguiram demonstrar qualidade. Essa é a competição sadia", explicou o treinador.

Segundo Dunga, que já soma cinco vitórias nos cinco jogos que disputou desde que assumiu o cargo após a Copa do Mundo, os resultados estão aparecendo porque a seleção entendeu que "o importante é o coletivo". "Eles entenderam que, quando o time é forte, as individualidades vão aparecer", avaliou o técnico.

Perguntado sobre o fato de não ter levado gol nos cinco jogos - antes, o Brasil venceu Colômbia, Equador, Argentina e Japão -, Dunga destacou a capacidade do grupo em "agir como um time". "O bom resultado na zaga é uma questão de organização. Todos precisam entender sua participação e ajudar o companheiro", defendeu o treinador.