• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bahia vence, respira e Grêmio fica fora da Libertadores

Esportes

Bahia vence, respira e Grêmio fica fora da Libertadores

Salvador - Com um belo gol de falta do lateral Rafael Galhardo, ainda no primeiro tempo, o Bahia venceu o Grêmio por 1 a 0 na noite deste domingo, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O resultado, aliado às derrotas de Palmeiras e Vitória na rodada, deixam o time baiano ainda com chances de se manter na Série A no ano que vem. Já o Grêmio, que jogou desde os 30 minutos do primeiro tempo com um jogador a menos - o zagueiro Pedro Geromel foi expulso -, lutou, mas acabou vendo naufragar a chance de disputar a próxima edição da Libertadores. Melhor para o Corinthians, beneficiado pelo resultado, que se garantiu na competição sul-americana.

A partida começou com muito estudo por parte dos times, que pareciam sentir o peso da necessidade da vitória. Apenas a partir dos 15 minutos o Bahia começou a se soltar - e rapidamente começou a levar perigo ao gol defendido por Marcelo Grohe. A primeira grande chance da equipe baiana foi aos 19 minutos, com William Barbio, que aproveitou uma sobra da zaga para chutar de sem-pulo, para grande defesa do goleiro gremista. Pouco depois, foi a vez de Henrique exigir duas grandes intervenções de Grohe, aos 21 e aos 25 minutos. O primeiro chute a gol com relativo perigo do Grêmio veio só aos 27, com Ramiro, mas a bola subiu muito.

Aos 29 minutos, veio o lance que determinou o rumo da partida. Lançado, Henrique ganhou de Pedro Geromel na corrida e, seguindo sozinho em direção ao gol, deixou ao zagueiro gremista apenas a opção de fazer a falta. Geromel acabou expulso pelo lance. Na cobrança, Rafael Galhardo bateu com categoria, por cima da barreira, no canto direito de Grohe, que ficou apenas olhando a bola entrar.

Mesmo com um a menos, o Grêmio voltou para o segundo tempo com o atacante Everton no lugar do volante Fellipe Bastos e tentando pressionar o Bahia. Por outro lado, a equipe mandante recuou, preocupada em segurar o resultado. O time gaúcho passou a criar boas oportunidades - apenas entre os 11 e os 21 minutos, foram quatro, concluídas por Barcos, Werley, Everton e Zé Roberto. As duas primeiras foram defendidas por Marcelo Lomba e as outras duas passaram muito perto do gol. Aos 45 minutos, Barcos ainda teve uma última chance clara de gol, com liberdade, dentro da área, mas o chute acabou defendido por Lomba.

Na última rodada, o Bahia joga as últimas fichas para ficar na Série A contra o Coritiba, em Curitiba, no domingo, às 17 horas. Além de vencer a partida, a equipe tem de torcer por uma derrota do Palmeiras, que recebe o Atlético-PR, e para que o Vitória não vença o Santos, em Salvador. O Grêmio, já sem pretensões, recebe o Flamengo em Porto Alegre, também no domingo, às 17 horas.

FICHA TÉCNICA:

BAHIA 1 X 0 GRÊMIO

BAHIA - Marcelo Lomba; Roniery (Rafael Miranda), Lucas Fonseca, Titi e Pará; Fahel, Bruno Paulista, Rafael Galhardo (Feijão) e Rômulo; William Barbio (Jeam) e Henrique. Técnico: Charles Fabian.

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Pará, Pedro Geromel, Bressan e Zé Roberto; Walace, Ramiro, Fellipe Bastos (Everton) e Luan (Werley); Dudu (Erik) e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

GOLS - Rafael Galhardo, aos 31 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Fahel, Pará (Bahia); Zé Roberto, Bressan (Grêmio).

CARTÃO VERMELHO - Pedro Geromel (Grêmio).

RENDA - R$ 130.032,50.

PÚBLICO - 5.139 pagantes.

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).