• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dorival afirma que Palmeiras não consegue amadurecer

  • COMPARTILHE
Esportes

Dorival afirma que Palmeiras não consegue amadurecer

São Paulo - O sinal de alerta no Palmeiras está ligado após a derrota para o Atlético-MG por 2 a 0, no último sábado, no Pacaembu. O time, que vivia a euforia de três rodadas sem derrotas, voltou a viver a insegurança após o surpreendente resultado diante do time reserva do Atlético. Para o técnico Dorival Júnior, a oscilação da equipe é algo normal e será assim até o término do Campeonato Brasileiro.

"Mais uma vez, no momento em que nos aproximamos de uma tranquilidade, damos um passo atrás. Foi assim na partida do Santos (derrota por 3 a 1) e foi agora. Nós não temos esse direito. Nossa situação é muito complicada e difícil. É um amadurecimento que vai acontecer sabe lá Deus quando, porque nessa competição vai ser difícil", disse Dorival, sem esconder a preocupação.

Um dos fatores apontados pelo treinador como responsável pela instabilidade é a juventude de alguns atletas, em especial na defesa. A dupla de zaga, por exemplo, é formada por Tobio (25 anos) e Nathan (19 anos). "O jogador só amadurece a partir do momento em que passa por todas as situações possíveis. Nossa equipe está sendo reformulada dentro do campeonato. A zaga é jovem, a garotada ainda está buscando seu espaço" explicou.

Para muitos torcedores e parte da imprensa, o fato de o Palmeiras ter ficado três rodadas sem derrotas e ter chegado aos 39 pontos, fez com que a equipe tivesse uma situação confortável na classificação. Assim, a ameaça de rebaixamento parecia algo praticamente descartado. Antes mesmo da partida contra o Atlético, Dorival deixou claro não concordar com essa visão e, após a partida, reforçou sua tese.

"É por isso que nós que estamos desse lado sempre temos um pé atrás. Mesmo na entrevista de ontem eu colocava para vocês que a situação poderia se inverter em duas rodadas. Temos essa consciência, sabíamos que o que era falado não era a realidade. A distância do céu para o inferno no futebol é de um palmo", comparou.

O elenco do Palmeiras ganhou folga neste domingo e na segunda-feira e só retorna aos treinamentos na terça-feira à tarde, na Academia de Futebol